21 de julho de 2010

Veículo da câmara municipal de Turmalina é usado em campanha política

Prefeitos mineiros usam carro oficial em campanha
Prefeitos e vereadores do interior de Minas Gerais infringiram a legislação eleitoral ao usar veículos públicos municipais para viajar terça-feira a Belo Horizonte e participar do lançamento da campanha do deputado estadual, Marcus Pestana (PSDB), ex-secretário de estado de Saúde, à Câmara dos Deputados. O candidato ao governo do estado Antonio Augusto Anastasia (PSDB) e o ex-governador Aécio Neves (PSDB), que disputa vaga no Senado, também participaram do ato. Ambos chegaram em carros particulares. O evento reuniu cerca de 300 prefeitos, vereadores e lideranças políticas, segundo a assessoria de Pestana, no Altavila Shopping, no limite entre Belo Horizonte e Nova Lima.

Flagra do Jornal Estado de Minas
Os veículos foram flagrados pela reportagem do Estado de Minas na ala do estacionamento reservada para automóveis de quem participou do lançamento da candidatura do parlamentar e na rua que dá acesso ao shopping. Os carros pertenciam às prefeituras de São João Nepomuceno e Piau, ambas na Zona da Mata, Paraisópolis (Sul) e Itambé do Mato Dentro (Central). Outros três veículos pertenciam às câmaras de Bela Vista de Minas (Central), Turmalina (Vale do Jequitinhonha) e Congonhas (Central).

Prefeitos e vereadores podem ser processados
Segundo o promotor Edson Resende, coordenador eleitoral do Ministério Público de Minas Gerais, os prefeitos e vereadores podem ser processados por improbidade administrativa, pelo fato de terem usado veículo público para interesse privado. A pena a ser aplicada vai de multa, cujo valor pode oscilar entre três e 10 vezes o salário recebido pelo prefeito ou vereador, e suspensão dos direitos políticos. “O MP está atento e provas da utilização irregular de bens públicos, comprovados com foto, por exemplo, poderão ser usadas para instalação imediata de procedimento para investigação”, diz o promotor.

A prefeita de São João Nepomuceno, Edmea Moreira Machado (PSDB), disse que o carro precisaria ir até Belo Horizonte de qualquer maneira. “Tem uma peça para trocar que não existe na minha cidade”, argumentou. Edmea afirmou também que estava na cidade a trabalho, para uma reunião na Secretaria de Desenvolvimento Regional e Urbano.

Questionados, um grupo de vereadores confirmou ser de Congonhas. No entanto, ao serem “informados” que a reportagem havia fotografado um veículo oficial da Câmara da cidade no estacionamento do shopping, disseram não saber do que se tratava, nem conhecer quem utilizou o carro para o lançamento da campanha de Pestana. “Eu vim em outro carro”, disse o vereador Advar Geraldo Barbosa (PSDB).

Afagos
Foram servidos ainda salgadinhos e doces. Os convidados eram filmados e também tinham como opção fazer fotos, utilizando paletós fornecidos pela organização do ato. As fotos serão usadas na confecção de santinhos. O encontro teve ainda transmissão pela rede de relacionamento Twitter.

Na conversa com os convidados, de cima de um pequeno tablado, Pestana, que ficou sete anos como secretário, durante o governo de Aécio Neves, disse que o período foi o “mais feliz de sua vida”.
Fonte: Com informações do Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo