18 de março de 2009

Produção de madeira no Vale será votado em plenário na ALMG‏

A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembléia aprovou nesta tarde (18/03) o Projeto de Lei 899/07, que cria a Polícia Estadual de Estímulo à Cadeia Produtiva da Madeira no Vale do Jequitinhonha. Já aprovado também nas comissões de Constituição e Justiça e de Política Agropecuária, a proposta segue agora para votação em primeiro turno.

Originalmente, o PL 899/07 propunha a criação do Pólo Extrativista de Madeira do Vale do Jequitinhonha. Porém, Délio Malheiros apresentou um substitutivo que amplia a abrangência da proposta para toda a cadeia produtiva.
Entre seus objetivos, o projeto pretende desenvolver e otimizar as atividades diretas e indiretas de cultivo, extração e beneficiamento de madeira; incentivar a pesquisa científica e tecnológica na região; incentivar pequenas e microempresas do ramo; facilitar o acesso ao crédito e preservar o meio ambiente. Délio Malheiros acredita que “a implementação de uma política de estímulo à atividade vai permitir o desenvolvimento das empresas e a geração de mais e melhores emprego. Além disso, o projeto vai permitir o fortalecimento das empresas, seja através da pesquisa ou do acesso a financiamentos”, diz o deputado.

Délio Malheiros também ressalta a importância da silvicultura para a região. “O IBGE descobriu que Minas Gerais tem 76% da produção nacional do carvão de eucalipto. E entre as 20 maiores cidades produtoras, 16 são do Vale do Jequitinhonha. Com a implementação da política estadual, outras atividades além do carvão serão ser estimuladas”, aposta.
O projeto de lei também prevê que o Estado dará suporte técnico, financeiro e operacional aos municípios que desenvolvam ações, projetos e programas voltados ao cultivo e a extração de madeira. O poder público também deverá estimulará a implantação de empreendimentos que beneficiem a madeira extraída, por meio de parcerias, convênios, acordos ou ajustes.
Respeito ao meio ambiente

Outro objetivo do Projeto de Lei protocolado por Délio Malheiros, é a compatibilização da atividade extrativista com a preservação do meio ambiente. “Sabemos que é possível conciliar a extração e o beneficiamento da madeira com o respeito aos ecossistemas. Atualmente, o plantio de eucalipto já leva isso em conta. Ainda assim, as parcerias com os órgãos técnicos do Governo do Estado permitirão aumentar a produtividade sem prejudicar a natureza”, explica o deputado.
Fonte: Com informações da Assessoria imprensa do Deputado Délio Malheiros-PV/Morada Fm de virgem da Lapa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo