29 de maio de 2012

Programa Cultivar, Nutrir e Educar chega ao Jequitinhonha


Capelinha, no Alto Jequitinhonha recebe, durante dois dias (30 e 31 de maio) a 4ª Edição do Seminário de Agricultura Familiar

Durante o encontro acontece o lançamento do Programa Estruturador Cultivar, Nutrir e Educar. 
-Esses encontros possibilitam a  discussão de propostas para promover a edução alimentar e nutricional e fortalecer a agricultura familiar em Minas Gerais. 

O programa Cultivar, Nutrir e Educar prevê ações destinadas a tornar os agricultores familiares aptos a fornecer produtos de qualidade e conforme as normas de segurança alimentar, diz o  superintendente da Secretaria de Agricultura , Lucas Scarascia.
Na apresentação que fará no segundo dia do seminário, o superintendente vai explicar que o tema mercado e comercialização está diretamente ligado às ações definidas para a agricultura familiar ter acesso às oportunidades criadas pela Lei 11.947 de 2009, no caso vender alimentos às escolas estaduais de Minas.

-Conforme o artigo 14 da Lei, no mínimo 30% dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) devem ser utilizados na aquisição de alimentos produzidos pela agricultura familiar, ampliando a geração de emprego e renda no campo, diz Scarascia.

A participação dos agricultores familiares será ajustada às exigências do programa mediante orientação técnica específica sobre organização e mercados, e haverá também trabalhos voltados para a capacitação em projetos de vendas e planos de negócio. Segundo o superintendente, o objetivo das ações, que serão coordenadas pela Subsecretaria de Agricultura Familiar, é organizar os agricultores e sua produção de acordo com as chamadas públicas das escolas para o abastecimento dos produtos que devem atender à confecção de alimentos para os estudantes. 

Os volumes definidos pelas escolas nas chamadas públicas têm por base os 30% instituídos do total adquirido pelas instituições, conforme a lei e os valores repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
A meta do programa Cultivar, Nutrir e Educar para 2012 é adquirir de mil agricultores familiares em Minas os produtos para a alimentação nas escolas estaduais. Apresentações

O evento de Capelinha vai contar, no primeiro dia, com uma palestra do presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea), Dom Mauro Morelli: O binômio Humano à Alimentação Saudável, Adequada e Solidária. Entre outras apresentações está programada também uma palestra  sobre o Cultivar, Nutrir e Educar, pela gerente do programa, Jaqueline Míriam Maciel Junqueira.

No segundo dia, uma das palestras será do superintendente da Subsecretaria de Agricultura Familiar (SAF), José Antônio Ribeiro, que vai analisar a Lei 11.947 de 2009. Haverá também a participação de Lucas Scarascia e ainda de Ignes Botelho Matias, gerente do projeto Fortalecimento da Agricultura Familiar para o Abastecimento Alimentar, da SAF.
Antes do seminário programado para Capelinha e região foram realizados os eventos de Taiobeiras (Norte), Viçosa (Zona da Mata) e Ipatinga (Rio Doce).
Fonte: Com informações do O Norte de Minas

BR 367 : DNIT suspende licitação para projeto de pavimentacão

Trocando em miúdos: o Ministério dos Transportes suspende possibilidades de asfalto da BR 367



O DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre, órgão do Ministério dos Transportes, através de sua Diretoria de Administração e Finanças, publicou, na sexta-feira, dia 25.05.2012, no Diário da União, na seção 3, nº 101, um comunicado de suspensão da Concorrência N 104/2012-00, cujo objeto é:“Seleção  de empresa(s) especializada(s) para elaboração de Estudos, Projetos Básico e Executivo de Engenharia para Implantação e Pavimentação de Segmentos da Rodovia BR-367/MG. Subdividido em 02 (dois) lotes”. Trocando em miúdos: o Ministério dos Transportes suspende possibilidades de asfalto da BR 367 , nos trechos de Minas Novas-Chapada do Norte-Berilo-Virgem da Lapa , no Médio Jequitinhonha; e Almenara-Jacinto-Salto da Divisa, no Baixo Jequitinhonha, ambos no nordeste de Minas Gerais. 


A íntegra do Aviso de Suspensão é o seguinte: 
DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇASASSESSORIA DE CADASTRO E LICITAÇÃO AVISO DE SUSPENSÃO CONCORRÊNCIA N104/2012-00 Comunicamos a suspensão da licitação supra citada, publicadano D.O.U. em 12/04/2012, Seção 3, Página 117. Objeto: Seleçãode empresa(s) especializada(s) para elaboração de Estudos, ProjetosBásico e Executivo de Engenharia para Implantação e Pavimentaçãode Segmentos da Rodovia BR-367/MG. Subdividido em 02 (dois)lotes.Brasília, 24 de maio de 2012.CARMEN REGINA LINHARES PEREIRA RESENDEPresidente da Comissão Permanente de Licitação Confira aqui, no endereço eletrônico abaixo. Do lado esquerdo da página, na primeira coluna,o comunicado é a terceira publicação:http://www1.dnit.gov.br/anexo/Aviso/Aviso_edital0104_12-00_1.pdf 
blogdobanu.BR 367- DNIT-Edital.licitação

Fonte: Com informações do Portal Aranãs

23 de maio de 2012

Diamantina: simulado coloca em prática ações de combate a incêndios florestais

O Simulado Operacional é uma importante etapa de preparação e envolve as diversas organizações parceiras da Força-Tarefa Previncêndio (FTP), que coordena os esforços para o combate a incêndios florestais, especialmente durante o período mais seco do ano
Brigadistas e pilotos do helicóptero Guará, durante o simulado no Parque Estadual do Biribiri


Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) realizou no último sábado (19) o terceiro Simulado Operacional de Combate a Incêndios Florestais no Parque Estadual do Biribiri. O treinamento ocorreu em Diamantina e reproduziu todas as condições de um combate ao fogo, desde a identificação dos sinais de fumaça, emissão dos primeiros alertas até a confirmação de um incêndio florestal de grande porte e que exija a participação da Força-Tarefa do Programa de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais de Minas Gerais (Previncêndio).
A atividade foi conduzida por integrantes da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado (Cedec), do Corpo de Bombeiros Militar, por técnicos do Previncêndio e do Instituto Estadual de Florestas (IEF), órgão que administra o parque. Cerca de 65 pessoas participaram da simulação que utilizou todos os equipamentos habitualmente empregados no combate ao fogo, incluindo um helicóptero.
Para Henri Dubois Collet, assessor da Diretoria de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Enchentes da Semad, o simulado tem como principal objetivo preparar as equipes, checar o funcionamento dos equipamentos e identificar eventuais problemas que possam ocorrer durante uma operação real. “Outro ponto importante dessa operação é a mobilização das comunidades que vivem no entorno do parque e que são tradicionalmente nossos parceiros. Eles são nosso ponto-chave, sem a ajuda deles nosso trabalho não ficaria completo”, ressaltou.
Na última sexta-feira (18), o Sisema realizou um Simulado Operacional no Parque Estadual da Serra do Papagaio, na região Sul do Estado.
Preparação
O Simulado Operacional é uma importante etapa de preparação e envolve as diversas organizações parceiras da Força-Tarefa Previncêndio (FTP), que coordena os esforços para o combate a incêndios florestais, especialmente durante o período mais seco do ano, que vai de junho a outubro. A atividade também é uma aplicação prática do Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais do Parque que foi lançado, em maio, pelo governador Antonio Anastasia e conta com um investimento de R$ 26 milhões, somente do Estado, além da parceria com empresas, que investirão R$ 9 milhões, e a contratação de pessoal para as unidades de conservação, chegando a um investimento total superior a R$ 50 milhões.
Também participaram da atividade, a Polícia Militar e Polícia Civil de Minas Gerais, e brigadistas voluntários, empresas e organizações não governamentais que atuam no entorno do Parque. Todos fazem parte Força Tarefa do Programa de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais de Minas Gerais (Previncêndio), criada em 2005 para aperfeiçoar o trabalho de combate a incêndios florestais no Estado e pioneira do gênero na América Latina. O simulado teve ainda o apoio da Prefeitura de Diamantina, o Samu, CopasaDER, Instituto Biotrópicos e o grupo de escoteiros de Diamantina.
Levantamento
O tenente do Corpo de Bombeiros de Diamantina, Paulo César Ferreira, disse que uma equipe dessa corporação fez, em parceria com o Instituto Estadual de Florestas (IEF), um levantamento para identificar dentro do parque quais são os melhores pontos para captação de água e chegada das equipes por solo ou por ar. “Essa operação é inédita e nosso batalhão está totalmente empenhado nela” concluiu.
A área protegida do Parque Estadual do Biribiri abrange 16.998,66 hectares, abriga várias nascentes e cursos d'água e é aberto à visitação. Cerca de 4 mil pessoas visitam o parque mensalmente e 14 guardas-parques fazem o monitoramento da área. As cachoeiras dos Cristais e Sentinela são as atrações mais procuradas pelos visitantes. A equipe da Força Tarefa está de prontidão 24 horas por dia para atendimento às ocorrências e denúncias pelo telefone 0800-28-32323.
Fonte: Com informações da Agência Minas

20 de maio de 2012

II Fórum da Mulher do Jequitinhonha acontece em Itaobim

O II Fórum da mulher do Jequitinhonha é um espaço para que as mulheres do Vale debatam suas realidades
Em sua 2° edição, o fórum este ano acontece em Itaobim nos dias 24 e 25 de Maio e tem como foco a organização para a criação de conselhos da mulher nas cidades do Vale.

O II Fórum da mulher do Jequitinhonha é um espaço para que as mulheres do Vale debatam suas realidades. Tem como objetivo proporcionar o compartilhamento de ideias, desejos, aflições e esperanças entre as mulheres. O fórum foi criado para trazer a mulher e as suas vivências para o espaço público afim de propor soluções que combatam a violência contra elas, o preconceito e a condição feminina.

Confira a programação abaixo


Local: AABB de Itaobim
Inscrições na Hora

24/05 - Quinta-feira

8:00-9:00: Inscrição

9:00-9:30: Abertura oficial

9:30: Conferência de abertura com Maria do Carmo da Silva (Coordenadora do Fórum Intergovernamental de Igualdade Racial e Assessora para Assuntos Federativos da SEPIR)

11:00: Debate

12:00-13:30: Almoço

13:30-16:00: Exposição e debate Mulheres participação e controle Social

16:00-16:30: Intervalo

16:30-18:00: Leitura da Carta da Mulher do Jequitinhonha e Lançamento do Álbum da Mulher


25/05 - Sexta-feira

8:30-10:30: Palestra sobre Comunidades

8:30-10:30: Palestra sobre Comunidades Tradicionais: identidade e diversidade.

10:30-11:00: Intervalo

11:00-12:30: Exposição e debate Boas Práticas de organização de Mulheres com AMPLIAR, ACOBAPA, AJENAI, Acompovo

12:30-14:00: Almoço

14:00-15:30: Exposição e debate Boas Práticas de organização de Mulheres com Grupo Cantinho da Saúde, Grupo Mulher de Bem com a Vida, Grupo Comunitário Sagrado Coração de Jesus, Grupo de Oportunidades e AMAI

15:30-17:00: Encaminhamentos Finais do II Fórum da Mulher
do Jequitinhonha e Criação de Conselhos da Mulher nos municípios do Vale do Jequitinhonha

17:00-18:00: Encerramento e Apresentação Artística



Fonte: Com informações do Viendo








Lavrador se afoga no rio araçuaí

Bombeiros procuram lavrador que se afogou no rio Araçuaí
Desde a manhã de sábado (19/05) , uma guarnição do Corpo de Bombeiros de Teófilo Otoni procura pelo lavrador Edvaldo de Jesus, 47 anos, que se afogou na tarde de sexta-feira, por volta das 16 horas,  no rio Araçuaí, na localidade conhecida por Piabanha, no município de Araçuaí (MG) médio Jequitinhonha.

De acordo com testemunhas, o lavrador cuidava de uma plantação na Piabanha  e,  no final da tarde, decidiu atravessar o rio em direção à sua casa, do outro lado do rio, no lugar conhecido como Comunidade dos Martins a cerca de 3 km do centro de Araçuai.

Ele não conseguiu fazer a travessia e se afogou.

Os bombeiros retomaram as buscas na manhã deste domingo.

As águas do rio estão turvas em decorrência das últimas chuvas, o que dificulta a localização do corpo.
Fonte: Com informações do Gazeta de Araçuaí

19 de maio de 2012

Professores da UFVJM entram em greve

Os professores da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) também entraram em greve nesta quinta-feira (17). De acordo com o sindicato que representa os docentes do campus localizado em Diamantina, a maioria da classe aderiu à greve, afetando cerca de 3,5 mil alunos. 
Dentre as reivindicações estão a melhoria das condições de trabalho e a contratação de professores. A paralisação é por tempo indeterminado, segundo o sindicato.
Já no campus em Teófilo Otoni, os professores estão em estado de greve há dois dias, segundo a Associação dos Docentes do Mucuri. A entidade informou que, nesta terça-feira (22), haverá uma assembleia para decidir sobre a paralisação. Além da pauta unificada, a categoria pede melhorias na estrutura do campus e a contratação de professores. 
Segundo a associação, o acesso ao campus fica inviável com as chuvas devido à falta de pavimentação. Ele reclama também da falta de restaurante e dormitórios para os alunos.

Minas Novas: vítima de gripe suína é enterrada

Ela teve o diagnóstico de gripe A confirmado e ficou internada 27 dias em um hospital em belo Horizonte


Enterrado no fim da tarde do dia (17-05-12) , na zona rural de Minas Novas, o corpo da menina que estava internada com gripe A, em Belo Horizonte.

Durante o velório, o caixão permaneceu fechado a pedido da funerária.

Keila Ferreira Gomes, de 14 anos, morava em Palmital, distrito de Minas Novas.

Ela teve o diagnóstico de gripe A confirmado e ficou internada 27 dias em um hospital na capital do estado. 

Mas antes de ser transferida para lá, a menina foi atendida no hospital de Minas Novas. Segundo a família, houve despreparo na descoberta do diagnóstico.

Mas a grande revolta da família não é com o atendimento recebido em Belo Horizonte, e sim, com o atendimento a saúde da adolescente no município de Minas Novas.

Antes de ir para a capital mineira, a menina teria passado por cinco médicos diferentes e nenhum levantou suspeita da doença.

Procuramos a Secretaria de Saúde do Município, mas ninguém quis gravar entrevista.

No hospital Doutor Badaró Júnior, nenhum representante foi encontrado para conversar com a  equipe da Inter TV. Na recepção recebemos o comunicado de que ninguém poderá falar com a gente, mas que caberia a Secretaria de Saúde nos dar uma resposta.

Agora, a família e os amigos de Keila aguardam a apuração da verdadeira causa da morte.

Apesar do diagnóstico de gripe A confirmado, a Secretaria Estadual de Saúde informou que ainda não é possível afirmar que a garota morreu mesmo em consequência da doença. Ninguém da Secretaria de Saúde de Minas Novas quis falar sobre o assunto.
Fonte: Com informações do Portal In360

Araçuai-Francisco Badaró - Berilo: pontes serão alargadas


DER anuncia obras de encabeçamento de pontes no trecho Araçuai-Berilo


A Minas Empreendimentos e Engenharia Ltda, com sede em Belo Horizonte, foi a vencedora da concorrência para encabeçamento das 7 pontes no trecho Araçuai-Francisco Badaró - Berilo sob os córregos do Calhauzinho, Gravatá, Córrego da velha, Setúbal, São João, Caititu e Sucuriú.

O trecho de 64 km cuja pavimentação teve início em 2009, foi concluído em 2010 pela Construtora Aterpa.

De acordo com o Engenheiro Chefe do DER ( Departamento de Estradas de Rodagem de MG), Marco Antonio de Lima a previsão para o início das obras será em maio.

" Esta  incluido  no projeto o  restante da pavimentação, drenagem e sinalização vertical e horizontal" próximo às pontes.

A Minas Engenharia já está na região desde janeiro do ano passado realizando serviços de construção e alargamento de pontes, a exemplo das pontes sobre os rios Calhauzinho, Gravatá e Setúbal.
Fonte: Com informações Gazeta de Araçuaí

14 de maio de 2012

UFVJM promove Semana da Integração com atrações culturais

Na programação do evento, a tarde e a noite de 18 de maio, sexta-feira, serão destinadas especialmente às expressões culturais
Cena do espetáculo TERRA “João Boa Morte, cabra marcado para morrer”, da companhia de teatro Ícaros do Vale de Araçuaí


Universidade promove atrações culturais nas praças de Diamantina. 
A primeira edição da Semana da Integração: Ensino, Pesquisa e Extensão (Sintegra), da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), busca estimular a interação entre as áreas de pesquisa, ensino e extensão e promover o encontro de pesquisadores, estudantes e profissionais. 


Na programação do evento, a tarde e a noite de 18 de maio, sexta-feira, serão destinadas especialmente às expressões culturais. Às 17 horas está agendada a apresentação do espetáculo Terra, pelo grupo de teatro Ícaros do Vale, de Araçuaí, na Praça Dr. Prado. 


Na Praça do Mercado Velho, acontece às 19h30 a apresentação de stand up comedy “Tô na universidade, e agora?”, em parceria com o Sebrae/MG e, em seguida, a premiação dos melhores trabalhos da Semana da Integração. 


Às 21 horas, será a vez do grupo Metá Metá, de São Paulo, formado por Kiko Dinucci, Juçara Marçale Thiago França, acompanhados por Marcelo Cabral, Serginho Machado e Samba Ossan. 
E às 23 horas, a atração diamantinense BatCaverna. 


Confira a programação cultural do dia 18 de maio: 
Praça Dr. Prado Espetáculo TERRA, às 17 horas O espetáculo TERRA - João Boa Morte, cabra marcado para morrer, da companhia de teatro Ícaros do Vale, de Araçuaí, conta a estória de um lavrador que se revolta contra a exploração de um fazendeiro e é condenado a vagar pelo sertão. Tomado pela fome e loucura, resolve matar a mulher e os filhos, mas é impedido por um homem que o convence a se juntar às ligas camponesas. A peça foi escrita por Ferreira Gullar durante a ditadura militar. 


A montagem ainda é inspirada pela literatura de cordel e pelos textos de José Saramago. Praça do Mercado Velho TÔ NA UNIVERSIDADE, E AGORA?, às 19h30 A apresentação de stand up comedy “Tô na universidade, e agora?” – por Gustavo Becker, administrador de empresas e ator – integra o Desafio Sebrae, jogo de negócios que simula a concorrência entre empresas em um mercado virtual. 


A ação faz parte de um projeto que tem por objetivo estreitar as relações do Sebrae com as instituições de ensino superior em prol da difusão da cultura empreendedora no ensino superior brasileiro. METÁ METÁ (SP), às 21 horas O trio formado por Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França investe em arranjos que ressaltam elementos melódicos e signos da música de influência africana no mundo. O disco “Metá Metá” tem sido citado e elogiado em veículos internacionais e apontado como o álbum brasileiro de 2011 (ao lado de “Nó na Orelha”, de Criolo). 


A presentação em Diamantina contará com o acompanhamento de Marcelo Cabral, Serginho Machado e Samba Ossan. BATCAVERNA, às 23 horas A BatCaverna, grupo de samba que surgiu em Diamantina em 1985, é atualmente uma das principais atrações do carnaval da cidade. 


O grupo conta hoje com mais de 150 integrantes; as apresentações são marcadas pelo toque peculiar da bateria, pela energia e empolgação dos músicos e ritmistas e pelas versões inusitadas para sucessos musicais que não são típicos do samba e do carnaval.
Fonte: Com informações Portal Teófilo Otoni

Crime passional: mulher de policial é presa em Almenaa

O policial foi atingido com um tiro na boca, na madrugada deste domingo (13-05-12)


A mulher de um inspetor da Polícia Civil de Almenara, no baixo Jequitinhonha, está presa suspeita de crime passional. De acordo com Robson Rodrigues de Alvarenga, escrivão que acompanha o caso junto com o delegado Helder Carvalhal de Almeida, o policial foi atingido com um tiro na boca, na madrugada deste domingo (13). A mulher alega que o marido tenha se matado, mas devido às circunstâncias da morte, ela foi presa em flagrante, suspeita de crime passional.


Segundo a polícia, a perícia constatou uma perfuração na janela do quarto e encontrou a cápsula do revólver usado no banheiro da suíte do casal. Vizinhos disseram à polícia ter ouvido uma discussão entre eles antes do disparo da arma. Testemunhas declararam em depoimento que o inspetor teria se encontrado com uma amante, o que teria motivado o assassinato.
O delegado decretou a prisão da mulher do policial, mas deixou claro que somente o laudo da perícia vai determinar o que realmente aconteceu. Um inquérito será instaurado para apurar o caso. O enterro do inspetor foi na tarde desta segunda-feira (14), no Cemitério da Saudade, em Almenara.
Fonte: Com informações do G1

9 de maio de 2012

Almenara vai ganhar um complexo minerador de grafite

Investimentos chegam a 80 milhões de reais 


Gil Pereira, Dorothea Werneck, o presidente do Indi, Frederico Álvares, e o diretor da Magnesita, Afonso Celso de Rezende
secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, assinou com os diretores da Magnesita Refratários S/A, Vinícius Silva, Sandio Pereira e Afonso Celso Rezende, protocolo de intenções para implantação do Complexo Minerador de Grafita, em Almenara.


Almenara, no baixo Jequitinhonha vai ganhar um Complexo Minerador de Grafite, o que significa investimentos da ordem de R$80 milhões por parte da  Magnesita Refratários S/A. O acordo foi assinado entre representantes da empresa e o Governo de Minas e prevê a implantação de uma unidade industrial para a produção de 40 mil toneladas por ano de produtos de grafita em Almenara.

-O nosso trabalho começa com essa assinatura. A partir de agora teremos a responsabilidade de contribuir para que o projeto seja colocado em prática, afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck.
Com unidades em oito países, a fabricante mineira, líder na produção de refratários na América do Sul, irá gerar 200 novos postos de trabalho, contribuindo com o desenvolvimento de uma das regiões mais carentes do Estado.

O diretor da Magnesita responsável pelo projeto Grafita, Vinicius Santos Silva, acrescentou que o projeto é extremamente importante e estratégico para a empresa.
-O potencial transformador desse projeto para a região do Vale do Jequitinhonha é enorme, disse.

Licenciamento ambiental
O Complexo Minerador está em fase de licenciamento ambiental. De acordo com o cronograma do projeto, iniciado em janeiro de 2011, a exploração de grafita deve começar em 2014, quando a capacidade de produção da empresa irá atingir 40 mil toneladas por ano.

Segundo a companhia, a reserva está estimada em 57 milhões de toneladas de grafita, com vida útil de 50 anos.
-Esse volume garantirá a autossuficiência em grafita, além de adicionar um mineral estratégico ao nosso portfólio, tendo em vista o desequilíbrio de oferta e demanda pela relativa escassez de mineral de qualidade e uma demanda que é esperada crescer significativamente puxada por novas aplicações de energia móvel como baterias para carros elétricos, completa o diretor.

Informações da empresa
A Magnesita é uma empresa privada dedicada à mineração, produção e comercialização de extensa linha de materiais refratários: são mais de 13 mil tipos diferentes, de materiais monolíticos e tijolos convencionais a cerâmicas nobres, para revestir equipamentos que operam em altas temperaturas. Os produtos são utilizados, principalmente, pelos fabricantes de aço, cimento e vidro.

Atualmente, a empresa opera 28 unidades industriais e de mineração, sendo 16 no Brasil, três na Alemanha, três na China, uma nos Estados Unidos, duas na França, uma na Bélgica, uma em Taiwan e uma na Argentina, com capacidade de produção de refratários superior a 1,4 milhão de toneladas por ano. A Magnesita é o terceiro maior produtor de refratários no mundo e líder em soluções integradas em refratários.
Fonte: Com informações da Agência Minas

Medina: cinco pessoas morrem em acidente na BR-116

Cinco homens morreram após um acidente entre um ônibus e um carro na BR-116, em Medina, no médio Jequitinhonha, nesta quarta-feira (09-05-12). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os veículos bateram de frente e todos os ocupantes do carro morreram no local. Nenhum passageiro do ônibus se feriu.

Ainda de acordo com informações da corporação, outros três veículos se envolveram no acidente, porém, não houve vítimas. A PRF informou que a placa do carro era de Americana, em São Paulo. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Itaobim.
Fonte: Com informações do G1

3 de maio de 2012

Feira de Artesanato do Vale do Jequitinhonha na UFMG homenageia artesãs


O evento vai trazer cerca de 80 artesãos que vão mostrar um pouco de toda a diversidade da produção artísticas do Vale




Feira de Artesanato do Vale do Jequitinhonha na UFMG, chega à sua 13ª edição este ano. De 07 a 12 de maio, a UFMG abre suas portas para a cultura do Vale do Jequitinhonha.  O evento vai trazer cerca de 80 artesãos que vão mostrar um pouco de toda a diversidade da produção artísticas da região. Aberta ao público, a Feira também contará com apresentações culturais de grupos do Vale. 

Outro destaque dessa edição é a homenagem às mestras artesãs Dona Maria Pretinha e Dona Isabel.

A centenária Dona Pretinha

Maria Gomes Dias, conhecida em sua comunidade - Estação da Luz, na cidade de Itaobim - como Dona Maria Pretinha,  tem 106 anos, mas uma vitalidade incomum. Ainda criança abandonou os estudos para ajudar o pai e os irmãos na roça. Passavam o dia trabalhando com foice e machado e a noite a família se reunia para "amarrar esteiras". Dona Pretinha desde criança foi acostumada ao trabalho duro. 

Casou-se, teve seis filhos que foram criados com dificuldade, no entanto ela nunca "esmoreceu". O sustento da casa vinha do trabalho na roça e da fabricação de esteiras. 

Em 2000 o Ministério da Integração Nacional promoveu na comunidade, oficinas que ensinavam a confecção artesanal de produtos feitos com a taboa. Nessa oficina Dona Pretinha e outros moradores de Estação da Luz aprenderam a utilizar a matéria-prima de diferentes formas. Passaram então a confeccionar caixas, chapéus, bolsas e bancos. Muitos desistiram, pois não acreditaram na nova proposta, mas a artesã continuou firme trançando a taboa e incentivando os companheiros no trabalho. 

Com o tempo os produtos passaram a ser comercializados em feiras na região e cairam no gosto dos compradores. As obras de  Dona Pretinha e dos artesãos de Estação da Luz, são vendidas na Feira na UFMG, desde a primeira edição.

Ela já ensinou o ofício a diversas pessoas e aos 106 anos suas mãos continuam ágeis e habilidosas e transformam a fibra em objetos utilitários e decorativos como bancos e bolsas, entre outros. Os produtos confeccionados pela Mestra e pelos artesãos da comunidade Estação da Luz, podem ser encontrados na 13ª Feira de Artesanato do Vale  do Jequitinhonha na UFMG.

Dona Isabel a Mestra Bonequeira 


Dona Isabel cresceu vendo sua mãe produzir peças de barro, a partir de técnicas que havia aprendido com seus ancestrais indígenas. Passou sua infância criando seus próprios brinquedos com o mesmo material usado pela mãe - o barro.

Casou-se, teve filhos, mas logo ficou viúva. Com as crianças ainda pequenas a maneira que encontrou de sustentar a família foi seguir o mesmo caminho da mãe. Passou a produzir potes, travessas, figuras de presépios, que eram vendidos nas feiras da região. Logo suas produções começaram a chamar a atenção pela criatividade, capricho e singularidade. 

Além dos utensílios que produzia para subsistência, a artesã começou também a fazer bonecas de argila, que pareciam tomar vida com seu toque inventivo e cuidadoso. A artesã criava imagens representando as pessoas da região em diferentes situações: noivas vestidas de branco com arranjos, buquês, lábios e unhas pintadas, noivos elegantes vestidos com terno e gravata, madrinhas charmosas, grávidas amamentando, personagens em procissões. 

Dona Isabel desenvolveu um estilo próprio de trabalho e compartilha seu conhecimento com os que a cercam. Formou uma verdadeira escola de cerâmica e hoje é a mais famosa artesã que trabalha com barro no Vale do Jequitinhonha. Suas peças decoram espaços por todo o Brasil e são exportadas para diversos países. 

A Mestra já recebeu várias homenagens, inclusive da presidente Dilma Roussef na abertura da exposição "Mulheres, Artistas e Brasileiras - Produção do Século 20", em 2011. 

Fonte: Com informações da UFMG Polo Jequitinhonha

1 de maio de 2012

Blog de Virgem da Lapa sofre ataque de hacker

Nota de esclarecimento


Se você acessou o Blog Virgem da Lapa/Jequitinhonha, um dos primeiros blogs voltado na publicação de noticias do Vale, nesse fim de semana mais precisamente nesse domingo 29/04/12 e viu a seguinte mensagem:


Os textos dessa mensagem variam muito pouco e são geradas por um sistema de segurança para navegação da própria Google que monitora os sites e seus conteúdos. Isso não significa que o blog foi infectado, é apenas um alerta dado pelo Google de ameaça de malware.


O termo malware é proveniente do inglês malicious software; é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubo de informações (confidenciais ou não). Vírus de computador, worms, trojan horses (cavalos de tróia) e spywares são considerados malware. Também pode ser considerada malware uma aplicação legal que por uma falha de programação (intencional ou não) execute funções que se enquadrem na definição supra citada.
(Wikipedia)


Caro amigo internauta recebemos do Google todas a orientações para a resolução dos problemas e tomamos todas as medidas passadas pelo Google.O nosso blog não é o primeiro e não será o último a ser atacado por malveitosos da internet. Nos últimos dias o nosso blog tem tido um aumento no número de visitantes acima do esperado, dado a nossa credibilidade e imparcialidade na publicação de nossas matérias. Somente no dia 28/04/12 foram mais de 600 visualizações segundo informações do Google Analytics.


Continue acessando o nosso blog QUE É SEGURO E NÃO OFERECE NENHUM DANO AO SEU COMPUTADOR. Como atesta o PRÓPRIO GOOGLE VEJA A IMAGEM DE UM SISTEMA DO GOOGLE QUE ATESTA A CONFIABILIDADE DO NOSSO BLOG.


Aos amigos blogueiros que porventura venha a enfrentar esse mesmo problema segue todas as orientações no link a seguir: Malware no blog, o que fazer? Como prevenir?

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo