14 de dezembro de 2012

Vem ai o 5° V. Lapa folia a micareta de Virgem da Lapa

Acontece nos dias 29 e 30 de dezembro de 2012 a quinta micareta de Virgem da Lapa, pela primeira vez esse ano o circuito sera fechado. Os abadas estão no valor de R$ 50,00


Itaobim: jovens são presos por envolvimento com tráfico de drogas


Foram apreendidas 780 pedras de crack e 540 papelotes de cocaína. Eles seriam principais responsáveis pela distribuição de drogas na região

Três homens foram presos e um menor apreendido nesta manhã de sexta-feira (07.12) em Itaobim, no Médio Jequitinhonha, nordeste de Minas.

Com eles foram encontrados 780 pedras de crack e 540 papelotes de cocaína.
  
Dois dos suspeitos foram abordados pela polícia às margens da BR-116, enquanto se deslocavam para a cidade de Itaobim. Em seguida foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências dos outros envolvidos.
Foram encaminhados para a delegacia , João Paulo de Souza, de 21 anos, Milton Caetano de Souza, de 23, Gilson Brito de Souza, de 30 e o adolescente R.S., de 17 anos.  

Além das drogas, foram apreendidos celulares, dinheiro e munição. Ainda segundo a polícia, os indivíduos são os principais responsáveis pela distribuição de drogas na cidade de Itaobim e região.

Além das drogas, foram apreendidos celulares, dinheiro e munição. Ainda segundo a polícia, os indivíduos são os principais responsáveis pela distribuição de drogas na cidade de Itaobim e região.
Fonte: Blog do Banu

26 de novembro de 2012

Teto de escola desaba em Virgem da Lapa

Foto reprodução Facebook

O teto da parte externa da Escola Municipal Professora Diva desabou na tarde desta segunda-feira (26/11/12) 

Atualizado em 27/11/12

Segundo as informações da professora Neusa Rodrigues Batista da rede municipal de ensino no momento do desabamento chovia no local, poderia ter ocorrido uma tragédia, a sorte foi os alunos não sairam para o intervalo por causa do mau tempo.



Foto reprodução Facebook
A professora Neusa Rodrigues relata sua preocupação: "Sou professora e me preocupo com tudo isso é o nosso dever de colegas e amigos.

No momento é pedir que observem bem os engenheiros quando for fazer qualquer tipo de construção principalmente local onde frequenta várias crianças temos que trabalhar com responsabilidade e não só pelo dihneiro".

Prefeitura: esclarecimentos

Tentamos entrar em contato com a secretária municipal de Educação, Nilvânia Luiz Guimarães Barbosa atraves de seu celular, não conseguimos, a mensagem era fora de área.

O prefeito Averaldo Martins, o Dim (PT) também não foi encontrado. 

O galpão foi construído este ano pela Construtora El Shadai, de Virgem da Lapa, segundo informações de um funcionário do departamento municipal de Obras.

O responsável pela empresa  El Shadai de nome “ Quinzinho” também não foi localizado.

Continuaremos em busca de esclarecimentos por parte dos envolvidos no caso. Estamos abertos para contato através do fale conosco.


Foto reprodução Facebook


Conheça um pouco mais sobre a escola
A Escola Municipal “Professora Diva” está localizada na Cidade de Virgem da Lapa,médio Vale do Jequitinhonha, na Rua: José Caburé nº. 65, Bairro Turmalina.

Criada através da lei nº 820/97 de 17 de Novembro de 1997, com o nome de Escola Municipal “Coraçãozinho Infantil”, atendia a educação infantil de 04 a 06 anos, na Sede do Município de Virgem da Lapa e através da Lei nº 3.960, de 03/09/2005, recebe a denominação de ESCOLA MUNICIPAL ‘PROFESSORA DIVA’.

Neste mesmo ano, através do Decreto nº 051/2005, fica autorizada a extensão de Série, tendo assim, o seu primeiro ano do Ensino Fundamental, em 2006. Atualmente atende a modalidade Educação Infantil - Pré-escolar e, Ensino Fundamental – 1º ao 5º ano. O prédio foi construído e é mantido pela Prefeitura Municipal.

Atualmente atende uma clientela de 119 alunos do pré-escolar e 306 no ensino fundamental, com um total de 21 turmas funcionando em dois turnos (1º e 2º), sendo 05 turmas de pré-escolar, 04 turmas 1º ano, 04 turmas 2º ano, 03 turmas 3º ano, 03 turmas 4º ano e 02 turmas 5º ano.

O corpo docente da mesma está composto por 24 (vinte e quatro) profissionais sendo 05 na Educação Infantil, 16 no Ensino Fundamental, 02 eventuais, cuja formação dos mesmos é o Normal Superior UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto) e 01 em Educação Física.

Possui também 12 (doze) funcionários de serviços gerais, para assim, manter o espaço limpo e saudável, entre eles 02 (duas) cantineiras. Vale ressaltar que o cardápio da merenda recebe orientações de 01 nutricionista; e para atendimentos especiais contamos com ajuda da APAE.

Estrutura
A estrutura física da Escola Municipal “Professora Diva” é composta por 12 salas, 01 sala de professor, 01 sala de direção e 01 de coordenação, 05 banheiros, porém 04 são próprios para crianças e 01 para os profissionais, 02 pátios externos, 01 biblioteca, 01 cantina, 01 reservatório de merenda escolar, 01 parquinho.

Como recursos pedagógicos a escola dispõe de jogos, bolas coloridas, diversos brinquedos, livros literários e didáticos; todas as matérias listadas acima têm o uso continuo, para que haja maior desempenho na qualidade do ensino.

O recurso tecnológico é composto de 01 micro computador com internet, 01 impressora, 01 maquina digital, 01 aparelho de som, 01 mimeografo, 01 aparelho de TV, 01 de DVD e 01 data show.

A escola tem como suporte projetos Culturais, como exemplo, a festa Junina, que tem como objetivo trabalhar a socialização da criança na educação infantil.

Desafios
Um dos principais problemas que atinge a Escola Municipal “Professora Diva”, infelizmente é a falta da participação dos pais daquelas crianças que apresentam maior dificuldade na aprendizagem. Porém, esse problema já está sendo sanado a partir da estratégia criada pela gestão ao promover o “plantão de pais”, que proporciona um diálogo particular entre professores e pais de cada criança sobre a vida escolar da mesma, que ocorre ao fim de cada bimestre onde o professor expõe as dificuldades e os avanços da criança e entrega os trabalhos realizados pelas mesmas, e assim, orienta os pais como ajudar da melhor forma os seus filhos em casa.

Para facilitar a comunicação entre pais e escola, foi introduzido em meio os materiais dos alunos o caderno de recado, pois assim, quando a escola tem um comunicado a fazer aos pais em geral ou em particular, relatam neste caderno. Ele também é usado pelos pais para fazer chegar até a escola algum comunicado que se fizer necessário. Assim, o caderno de recados funciona como mais um canal de comunicação entre pais e escola.

24 de novembro de 2012

Homem é encontrado morto e parcialmente carbonizado em Araçuai


É o segundo assassinato com requintes de crueldade em Araçuai nas últimas 24 horas

Um homem morto provavelmente a golpes de facão e queimado parcialmente, foi encontrado no final da tarde de quinta-feira (22) nas proximidades do povoado de Engenheiro Schnoor,  a 45 km de Araçuai no médio Vale do Jequitinhonha.
 
Moradores do povoado acreditam que o crime foi motivado por vingança.
O corpo foi removido por uma funerária por volta das 5 horas da manhã de sexta-feira (23) para o IML para ser identificado.
 
As Polícias Civil e Militar ainda estão nas investigações preliminares, porém, um comerciante do povoado informou que pode se tratar de um lavrador de nome Joaquim que durante à tarde esteve no lugarejo fazendo compras. " Ele estava a cavalo e chegou a comprar um litro de gasolina numa oficina local", informou o comerciante.
 
Um cavalo foi encontrado ao lado do corpo, amarrado à uma árvore. O corpo foi queimado com gasolina.
 
"Este homem  é acusado de  assassinar a pauladas  um tio e vizinho há dois meses,  na região conhecida como Machados, também na zona rural de Araçuai", disse o comerciante.
 
" Não podemos afirmar nada por enquanto. Estamos com uma equipe no local onde moram os familiares do  suspeito e que é de dificil acesso. Ate o final da tarde teremos a confirmação de quem se trata", disse o Tenente Gilamárcio Rocha, da Polícia Militar de Araçuai.
 
Este é o segundo assassinato com requintes de crueldade ocorrido em Araçuai  nas últimas  24 horas e o quarto em menos de um mês.
 
Na manhã de quarta-feira(21), o corpo de um jovem de 21 anos foi encontrado carbonizado ás margens da rodovia que liga Araçuai à Itaobim.
Fonte: Com informações da Gazeta de Araçuaí

22 de novembro de 2012

Vale do Jequitinhonha: metereologia prevê fortes chuvas nesta segunda (26)

Nas regiões Noroeste, Norte, Jequitinhonha e Mucuri entre os dias 26/11 (segunda-feira) e 27/11 (terça-feira), as condições ficarão favoráveis a ocorrência de chuvas fortes e acumulados significativos. 

Essas chuvas serão provocadas pela passagem de uma frente fria que favorecerá a manutenção de um novo episódio de canal de umidade entre a região Amazônica e a Região Sudeste do Brasil, conhecida como Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que tem como características provocar chuvas significativas em dias consecutivos.
Fonte: Com informações do SIMGE

Instituto e Polo de inovação realizam a Mostra Científica das Escolas de Araçuaí


Evento visa divulgação e apropriação da ciência pelos estudantes
Desde desta quarta-feira (21) os estudantes do ensino fundamental e médio do município de Araçuaí, médio Jequitinhonha, terão a oportunidade de vivenciar a ciência na prática. A 1ª MOSTRAR - Mostra Científica das Escolas de Araçuaí, acontece no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, até o dia 23 de novembro.
Oficinas, palestras, minicursos e mesa redonda sobre robótica, geometria, química e biologia são algumas das atrações que visam divulgar e aproximar a ciência dos estudantes de nível básico. No estande do Polo de Inovação de Araçuaí os estudantes irão assistir apresentações sobre tecnologias sociais e meio ambiente.
A Mostra de Trabalhos Científicos conta com cerca de 40 trabalhos inscritos, desenvolvidos por alunos das diversas escolas do município. Construção de maquetes, criação de projetos mecânico-elétricos, quadro de Informações sobre meio ambiente e saúde e divulgação de resultados de análises investigativas são alguns dos trabalhos abordados que serão classificados em três tipos: montagem, informativos e investigatórios.
Outra atração de destaque será o Parque da Ciência, parceria entre a Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), um museu itinerante e interativo onde os alunos poderão explorar, experimentar e descobrir os segredos por trás das coisas que acontecem no dia a dia.
Para o coordenador da 1ª Mostrar, professor Magno Barbosa Dias, esta é uma oportunidade única para os estudantes. “Sabemos que em nosso município existem poucos espaços onde os estudantes podem observar os fenômenos acontecendo na prática e isso, naturalmente, desestimula o aprendizado da ciência. Queremos com este evento motivar os alunos a estimularem sua capacidade criativa e a identificarem a aplicabilidade da ciência em seu cotidiano,” afirmou o professor.
Fonte: Com informações da Agência Minas

Chacina de Felisburgo estimula debate sobre reforma agrária

Massacre ocorrido há oito anos foi lembrado pela Comissão de Direitos Humanos em audiência nesta terça-feira (20)
Representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e outros movimentos sociais participaram, na manhã desta terça-feira (20/11/12), da audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A reunião lembrou o massacre ocorrido, em 2004, no acampamento Terra Prometida, em Felisburgo (Jequitinhonha), quando foram assassinados cinco trabalhadores rurais sem terra. Membros do Incra, Ministério Público e órgãos de defesa dos direitos humanos também estiveram presentes ao debate.
O autor do requerimento que motivou a audiência, deputado Rogério Correia (PT), lembrou que, no dia 20 de novembro de 2004, o empresário e latifundiário, Adriano Chafik, acompanhado de 15 pistoleiros, invadiu o acampamento, localizado na Fazenda Nova Alegria, matando cinco trabalhadores e ferindo outras 20 pessoas, entre elas uma criança. 
Em sua fala, ele exigiu a condenação dos criminosos, a indenização das famílias e a regularização da terra, que já teria sido contemplada em decreto do ex-presidente Lula. “Os tiros foram à queima-roupa, com a intenção de execução e, após o crime, foi colocado fogo nos barracos. As ameaças aconteciam desde 2002 e, apesar de várias queixas registradas, nada foi feito para impedir o fato”, lamentou. Rogério Correia afirmou que os acusados estão em liberdade e que o julgamento acontece no dia 17 de janeiro de 2013. “Conseguimos transferir o juri para Belo Horizonte para que se evitasse a influência política do empresário no Vale do Jequitinhonha”, completou.
O deputado Durval Ângelo (PT) também recordou que, há oito anos, encontrou, em Felisbusgo, um triste espetáculo, retrato de uma tragédia anunciada. Segundo ele, foram pedidas providências às autoridades com relação às ameaças do fazendeiro Adriano Chafik. “Ainda assim, foram arquivados processos contra os policiais que deveriam ter evitado o ocorrido. A ocupação se deu apenas com o objetivo de pressionar o Governo do Estado e a União para a desapropriação da terra, que era devoluta”, salientou.
Desocupações violentas na região são históricas

Maria Gomes Soares: massacre em Felisburgo é reflexo da política dos 'coronéis' - Foto: Marcelo Metzker
A membro do acampamento Terra Prometida, Maria Gomes Soares, destacou que o que aconteceu em 2004 é reflexo da política dos “coronéis” na região. De acordo com ela, a fazenda teria sido adquirida há muitos anos, por meio da expulsão e morte de outros posseiros. “O que Adriano Chafik fez é uma tradição da família de tirar as pessoas da terra à bala. Até hoje não houve indenização e estamos sujeitos a todos os tipos de impunidade”, afirmou. Ela lembrou, ainda, que cerca de um mês antes do massacre, os delegados da região foram avisados e nada foi feito. “As mesmas ameaças da época, acontecem hoje. Pode haver novas chacinas e despejos de terras que já foram concedidas pelo Governo Federal se nada for feito”, alertou.
O procurador de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Conflitos Agrários do Ministério Público, Afonso Henrique de Miranda Teixeira, reforçou que além dos cinco mortos, ocorreram 12 tentativas de homicídio em Felisburgo. Em sua participação, ele explicou como se dará o julgamento da ação penal, em janeiro do próximo ano, e alertou que é preciso que se tomem providências a respeito de ameaças atuais, uma vez que a situação deverá ficar mais tensa em virtude da aproximação do julgamento.
Morosidade – O representante do setor de Direitos Humanos do MST, Aton Fon Filho, criticou a organização do Poder Judiciário, que torna lento o processo de julgamento dos criminosos. Para ele, há uma legislação que beneficia os latifundiários e os mais ricos. O membro da Arquidiocese de Montes Claros, Alvimar Ribeiro dos Santos, reforçou as palavras de Aton, e pediu que os movimentos sociais aumentem a pressão sobre o Poder Público para que a justiça seja feita.
Movimentos sociais defendem fim da violência pela reforma agrária
A presidente da CUT-MG, Beatriz da Silva Serqueira, criticou a política que o Estado e a União tem dado aos jovens e à reforma agrária. Para ela, nenhum país tem condições de se desenvolver sem dar atenção e prioridade a estes dois pontos. Ela lembrou que Minas Gerais não investe praticamente nada em reforma agrária, por isso, motiva a resolução do problema na base do conflito. “Um Estado que não dá valor a esse grave problema está provocando chacinas como a de Felisburgo”, disse.
O presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos (Conedh), Emílcio José Lacerda, também ponderou que os trabalhadores sem terra de Felisburgo foram vitimas de exclusão, antes de serem massacrados em 2004. Para ele, é preciso defender a reforma agrária e clamar para que as condenações de crimes como o de 2004 sejam exemplares.
União – O deputado Adelmo Carneiro Leão (PT) defendeu que o movimento social precisa estar mais unido para reforçar a luta pela reforma agrária. Para ele, a justiça brasileira usa sua força para sustentar o poder dos mais ricos e punir os mais pobres. “Temos que buscar o assentamento com condições para que os trabalhadores possam produzir e viver com dignidade”, salientou.
O deputado federal Padre João (PT-MG) afirmou que há muito esforço a ser feito para que a reforma agrária seja prioridade, mas ponderou que está dando um voto de confiança ao Governo Federal para que isso aconteça ainda este ano. “O Judiciário tem sido o maior entrave para mudar essa realidade e Felisburgo é exemplo disso. São milhares de terras devolutas em Minas Gerais, mas existe um aparato do Estado para garantir que este locais sejam encaminhados para empresários de monocultura”, criticou.
Ao final, o superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Carlos Alberto Menezes de Calazans, disse compartilhar os sonhos e desejos de milhares de pessoas pela reforma agrária, mas ponderou que o desafio é grande, já que o Poder Judiciário é moroso e atende a interesses dos grandes empresários e latifundiários. “O massacre de Felisburgo e o de Unaí, que vitimou quatro servidores públicos, ambos em 2004, continuam impunes e isso é o mais grave. Os acusados são fazendeiros, por isso vemos tanta demora nos julgamentos”, finalizou.
Providências – O deputado Durval Ângelo afirmou que a comissão vai mandar as notas taquigráficas da reunião à Secretaria de Estado de Defesa Social, pedindo garantias de segurança no acampamento; ao juizes da varas agrárias estadual e federal; ao Ministério de Desenvolvimento Agrário, com pedido para seja feito novo decreto, com base na Lei Federal 4.132/61, que trata da desapropriações em Felisburgo; realizar uma audiência pública para debater as varas agrárias; e pedir para que a TV Assembleia faça a cobertura do julgamento do dia 17 de janeiro e produza reportagem sobre a chacina de Felisburgo.
Fonte: Com informações da ALMG

12 de novembro de 2012

ICMS Turístico em 2013: 16 municípios do Vale receberão o beneficio


O ICMS Turístico é uma política estadual de distribuição de recursos aos municípios que investem no turismo.Município que investe mais recebe mais! Dessa forma, o ICMS Turístico atua como motivador para que os municípios estruturem as políticas públicas e implementem as ações necessárias ao desenvolvimento turístico sustentável

Na ultima quinta-feira (08/11), a Secretaria de Estado de Turismo divulgou a listagem dos municípios habilitados a receber recursos do ICMS Turístico, com base na arrecadação estadual de 2013.

Desde 2009 a Secretaria de Cultura, Turismo e Patrimônio de Diamantina – SECTUR, através da Coordenadoria de Políticas para o Desenvolvimento do Turismo, coordenou esforços juntamente com entidades, instituições e empresas que têm interface com a atividade turística a fim de estruturar no município os pilares básicos da política pública de turismo e cumprir os critérios exigidos para habilitação no ICMS Turístico.

O trabalho desenvolvido pela SECTUR teve como principais resultados a criação do Conselho Municipal de Turismo, do Fundo Municipal de Turismo, do Plano Municipal de Turismo, de Programas institucionais, além de outros marcos legislatórios e ferramentas de gestão participativa, e frutificou na habilitação de Diamantina para receber recursos do ICMS Turístico no ano de 2013.

O percentual do ICMS turístico a ser repassado para os municípios é definido com base no Índice de Investimento em Turismo do município (IIT).

Municípios do Vale destacaram-se entre os 119 municípios habilitados, entre os 10 municípios com o maior índice de investimento em turismo, juntamente com os municípios:Antônio Carlos, Capelinha, Diamantina, Espera Feliz, Itamarandiba, Leopoldina, Minas Novas, Novo Cruzeiro, Raposos e São Francisco.

Pela primeira vez a Região Turística do Circuito dos Diamantes teve cinco municípios habilitados a receber o ICMS Turístico, sendo estes: Datas, Diamantina, Felício dos Santos, Presidente Kubitschek e Senador Modestino Gonçalves.

A Região Turística do Circuito Lago do Irapé teve Botumirim,  Grão Mogol e Turmalina.

A Região Turística do Circuito das Pedras Preciosas teve Capelinha, Itamarandiba, Minas Novas e Novo Cruzeiro.

Vale do Jequitinhonha

Estão habilitados para receber o repasse do ICMS Turístico a partir de janeiro de 2013, os seguintes municípios do Vale do Jequitinhonha:  Angelândia, Botumirim, Capelinha, Datas, Diamantina,  Felício dos Santos, Grão Mogol, Itacambira, Itamarandiba, Jenipapo de Minas, Minas Novas, Novo Cruzeiro, Presidente Juscelino, Presidente Kubitschek, Senador Modestino Gonçalves e Turmalina. 

Segundo dados da Fundação João Pinheiro – FJP, o ICMS Turístico distribuiu aos 44 municípios habilitados para receber os repasses em 2011 o valor de R$ 6.007.100,35.

Aos 63 municípios habilitados para receber os repasses em 2012, o ICMS Turístico distribuiu R$ 5.325.073,35.

O percentual do ICMS turístico a ser repassado para os municípios é definido com base no índice de investimento em turismo do município e o somatório dos índices de investimento em turismo de todos os municípios habilitados a receber o incentivo (fórmula matemática estabelecida pela Lei nº 18.030/09).

O repasse dos valores aos municípios habilitados é feito semanalmente pela Secretaria de Estado de Fazenda. O cálculo do valor a ser recebido pelos municípios tem como base o resultado da fórmula matemática e a arrecadação semanal do ICMS e do IPI no Estado, daí a impossibilidade de se definir, antecipadamente, o valor dos repasses a cada um dos municípios.

A FJP - Fundação João Pinheiro divulga, mensalmente, o valor dos repasses recebido no mês imediatamente anterior no site http://www.fjp.mg.gov.br.

26 de outubro de 2012

Projeto que resgata a cultura musical do Vale do Jequitinhonha é premiado


O projeto Flautas Tradicionais do Vale do Jequitinhonha é o vencedor do 25º Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, que reconhece as melhores ações de proteção, preservação e divulgação do patrimônio cultural brasileiro. A entrega da premiação e do troféu aconteceu nesta quarta-feira (24), no Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília (DF)
Algumas imagens extraídas da dissertação de mestrado "Pipiruí e Caixa de Assovio: tocadores de pífanos e caixas nas festas de reinado", de Daniel de Lima Magalhães
O projeto concorreu com outras 224 ações e sagrou-se vencedor na categoria Salvaguarda de Bens de Natureza Imaterial. A iniciativa é liderada pelo pesquisador belo-horizontino Daniel de Lima Magalhães que, há 12 anos, pesquisa, registra e divulga as tradições musicais ligadas a dois tipos de flautas - o pífano e a gaita - no Vale do Jequitinhonha.
Desde 2006, o projeto percorreu cerca de 30 mil quilômetros em visitas a 26 municípios da região, resultando em 100 horas de gravações, de performances musicais e entrevistas, e mais de seis mil fotografias.
As 25 oficinas oferecidas em 18 municípios do Vale do Jequitinhonha atenderam a 700 participantes e produziram 1,1 mil flautas, entre pífanos e gaitas, utilizando PVC, bambu e taquara.
O projeto possibilitou a progressiva adoção do pífano e da gaita como instrumentos musicalizadores nas escolas e a assistência a grupos, em atividade e inativos. É o caso do Pipiruí, de Conceição do Mato Dentro, reativado depois de 16 anos, e da Banda de Taquara, de Santo Antonio do Fanado, em Capelinha, grupo ressurgido após 40 anos.
 A ação teve apoio da Secretaria de Estado da Cultura, por meio de dois projetos aprovados pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura e patrocinados pelo programa Natura Musical.
As informações são da Agência Brasil.

Itaobim receberá unidade móvel de mamografia


A partir da próxima terça-feira, dia 30 de outubro, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), instalará no Palco de Eventos do município de Itaobim, no médio Jequitinhonha, uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher para realização de exames de mamografia 


O município será a primeira parada da Unidade, que visitará outros municípios do interior do estado. A expectativa é de que até o dia 29 de novembro sejam realizados cerca de 800 exames de mamografia em Itaobim.

O objetivo é de desenvolver ações coordenadas que garantam o fornecimento regular do exame para o rastreamento do câncer de mama às mulheres no interior do estado, priorizando a faixa etária de 45 a 69 anos.

Para realizar o exame, a mulher deve procurar uma unidade de saúde mais próxima de casa e solicitar a guia para realização do exame ou então obter o documento pela internet. Basta acessar à página do facebook da SES, preencher os dados e mandar imprimir o formulário. Com o documento em mãos, a mulher deve se dirigir a uma unidade de saúde para agendar a realização da mamografia. Clique aqui e preencha o formulário.
Unidade Móvel em Itaobim
Data: 30/10/2012 a 29/11/2012
Horário: 7h às 17h
Local: Palco de eventos – Centro – Itaobim 

Araçuaí recebe audiência do PPAG nesta terça-feira (30)


Araçuaí no médio Jequitinhonha recebe a segunda audiência pública de revisão, para o próximo ano, do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) 2012-2015. O encontro, realizado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais, será nesta terça-feira (30/10/12), às 9h30, no Salão Nobre do Colégio Nazareth (Rua Dom Serafim, 435 – Centro)

A reunião será coordenada pela Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social e contará com as Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária e deParticipação Popular, além de representantes do Executivo.

O tema a ser tratado é a Rede de Desenvolvimento Social e Proteção, cujos objetivos são reduzir a pobreza e as desigualdades sociais e aumentar as expectativas dos jovens quanto ao futuro e a seu protagonismo na sociedade. Além disso, a rede quer promover os direitos humanos dos grupos historicamente discriminados; e ampliar e efetivar o sistema de garantias de direitos da criança e do adolescente.

A rede é composta por cinco Projetos Estruturadores: Assistência Social e Direitos Humanos; Jovens Mineiros Protagonistas; Cultivar, Nutrir e Educar; Travessia; e Desenvolvimento Social dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas.

Convidados – Os convidados da audiência são: a subsecretária de Projetos Especiais de Promoção Social e Gerente do Programa Estruturador Travessia, Maria Albanita Roberta de Lima; a gerente do Programa Estruturador Cultivar, Nutrir e Educar, Jacqueline Míriam Maciel Junqueira; o gerente do Programa Estruturador Assistência Social e Direitos Humanos, Juliano Fisicaro; o coordenador do Programa Estruturador Jovens Mineiros Protagonistas, Thomás Lafetá Alvarenga; e o gerente do Programa Estruturador Desenvolvimento Social dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e Norte de Minas, Rubio de Andrade. 

18 de outubro de 2012

Grande Norte: Vale do Jequitinhonha e o Norte de Minas recebe R$ 28,1 milhões

Os recursos estão sendo repassados às entidades por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan) e pelo Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene)

O Governo de Minas publicou nesta semana, no Diário Oficial do Estado, a assinatura de convênios através do qual estão sendo repassados R$ 28,1 milhões para cinco entidades credenciadas para a implantação de 10 mil 163 cisternas de placas (alvenaria) em 35 municípios da região do Grande Norte. As obras contemplarão especialmente o Vale do Jequitinhonha e o Norte de Minas que neste ano estão enfrentando vários problemas causados pela seca. Os investimentos envolvem uma série de ações de ajuda humanitária e de obras que o Governo de Minas já está implementando, no sentido de dotar a região do semiárido de melhor infraestrutura hídrica. 

Divulgação

Instalação de novas cisternas ampliará número de famílias beneficiadas com obras na região do semiárido

Do total de sistemas de armazenamento de água que serão instalados, 9.661 cisternas terão capacidade para acumular, cada uma, de 16 mil litros de água para consumo humano. Outras 502 cisternas terão capacidade para armazenar, cada uma, 52 mil litros de água que será utilizada para implantação de pequenos sistemas de produção de alimentos. 

A assinatura dos convênios viabiliza o andamento das ações previstas no Programa Água para Todos, no âmbito de parceira firmada entre os governos do Estado e Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Os recursos estão sendo repassados às entidades por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan) e pelo Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene).


Ações

O objetivo do Governo de Minas é dotar o semiárido mineiro de melhor infraestrutura hídrica, armazenando água de chuvas para consumo humano, dessedentação de animais e produção familiar de alimentos. A iniciativa visa dotar a região do semiárido de condições para convivência com longos períodos de estiagem que, frequentemente, castigam o Norte e Nordeste do Estado. Também serão desenvolvidas ações de mobilização, assistência técnica e capacitação de famílias de baixa renda em gestão de recursos hídricos, objetivando a melhor utilização da água.

O secretário de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, Gil Pereira destaca a importância da assinatura dos convênios com as entidades que serão responsáveis pela execução das obras. “A Declaração Universal dos Direitos da Água, elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU), ressalta que a água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser, sendo direito fundamental do ser humano. Nesse sentido o Governo de Minas tem trabalhado para promover o acesso à água na zona rural do Norte e Nordeste do Estado”, frisa o secretário.


Entidades

Confira a relação das entidades que assumiram a responsabilidade pela execução das obras de implantação das cisternas na região do Grande Norte e os municípios que serão contemplados pelas ações:

·Instituto Pauline Reichstul de Educação Tecnológica, Direitos Humanos e Defesa do Meio Ambiente vai implantar 1.420 cisternas no município de Januária, beneficiando os distritos de Várzea Bonita, São Joaquim e Pandeiros.

·Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica (CAV) vai construir 2.260 cisternas nos municípios de Berilo, Chapada do Norte, Francisco Badaró, Jenipapo de Minas e José Gonçalves de Minas.

·O Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas (CAA) construirá 1.415 cisternas nos municípios de Grão Mogol, Cristália, Josenópolis e Padre Carvalho.

·A Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais vai construir 502 cisternas de placas e capacitará famílias para implantação de projetos produtivos nos municípios de: Bonito de Minas, Cônego Marinho, Januária, Pedra de Maria da Cruz, Berilo, Chapada do Norte, Francisco Badaró, Jenipapo de Minas, José Gonçalves de Minas, Cristália, Grão Mogol, Josenópolis, Padre Carvalho, Felisburgo, Jequitinhonha, Joaíma e Monte Formoso.

·A Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais também vai construir 2.007 cisternas de placas para armazenamento de água para consumo humano, nos municípios de Felisburgo, Jequitinhonha,  Joaíma e Monte Formoso.

·A Cáritas Diocesana de Januária será responsável pela construção de 2.559 cisternas nos municípios de Bonito de Minas, Cônego Marinho, Pedra de Maria da Cruz e Januária (neste último contemplando a sede do município e os os distritos de Tijuco, Brejo do Amparo, Riacho da Cruz e Levinópolis).
Fonte: Com informações do O Norte de Minas

17 de outubro de 2012

Almenara: após denúncia polícia prende criminosos

Denúncia anônima resulta na prisão em flagrante do autor de um furto e dos receptores dos objetos, bem como, na recuperação de todos os objetos furtados, em Almenara

Após uma denúncia anônima a Polícia Militar compareceu em uma residência localizada no centro da cidade de Amenara no baixo Jequitinhonha, onde de acordo com a informação um indivíduo teria pulado o muro.
Ao chegarem na casa, os militares constataram que a janela e uma porta estavam com sinais de arrombamento. Ao adentrarem os policiais encontraram o Wallace .E.L revirando alguns móveis do local, bem como, encontraram ainda objetos embalados, prontos para serem levados.

Enquanto era registrada a Ocorrência, a vítima proprietária da casa que até então não havia sido localizada uma vez que estavam em viagem, compareceu no Quartel PM informando que havia percebido a falta de dois notebooks, quatro anéis de ouro, um monitor LCD e alguns bijuterias.
Wallace então relatou a PM que os notebooks estavam em sua residência e que os anéis de ouro, o monitor LCD e as bijuterias estavam na casa de três suspeitos menores de idade.

A PMMG compareceu na casa dos menores onde foram encontrados todos os objetos furtados.
Todos os objetos foram recuperados, o autor foi preso e os menores apreendidos e encaminhados para a Depol.
Fonte: Com informações do Jornal Folha dos Vales

16 de outubro de 2012

IFNMG-Campus Araçuaí poderá ter curso de administração

Campus Araçuaí recebe comissão para autorização do Curso Superior de Administração



Nos dias 8 a 10 de outubro o IFNMG-Campus Araçuaí recebeu a visita da comissão de avaliação para autorização do Curso Superior de Administração. 

A comissão composta pelos professores Willy de Oliveira, André Muniz e a técnica em assuntos educacionais Ailse Quadros teve como missão avaliar as condições necessárias para que o Campus Araçuaí possa ofertar a partir de 2013 o primeiro curso superior presencial (modalidade bacharelado) no município de Araçuaí, atendendo de imediato toda a região.
 
A expectativa para a aprovação desta importante iniciativa é grande em toda a comunidade local.

Itaobim: homem leva quatro tiros e não morre


Em Itaobim, no médio Jequitinhonha, um rapaz de 22 anos foi atingido por quatro tiros na noite de sexta-feira (12). Ele foi encontrado consciente, caído no chão de um bar. Os tiros atingiram a cabeça, o pescoço, o braço direito e o tórax.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Vale do Jequitinhonha, que não informou o estado de saúde do rapaz.
Segundo testemunhas, os autores da tentativa de homicídio são dois homens que estavam em uma moto preta. Eles fugiram do local e ainda não foram identificados pela polícia.

12 de outubro de 2012

Vale do Jequitinhonha: projeto leva música a cidades da região

O projeto "Sons no Vale" leva oficinas de iniciação nas áreas de musica-lização, sonorização e iluminação para cidades do Vale do Jequitinhonha

Inácio Neves está acostumado a desbravar os rincões do Brasil para levar a sétima arte a pequenas cidades onde não há cinemas. Ele é o criador dos projetos "Cinema no Rio" (feito anualmente em cidades ribeirinhas do São Francisco) e "Cinema nos Trilhos" (que era realizado em cidades à beira da linha ferroviária do norte do país). Dessa vez, o produtor resolveu adaptar a ideia para outra área, a música.
Na primeira etapa, realizada nos meses de agosto e setembro, foram visitadas as cidades de Rio Vermelho, Serra Azul de Minas, Santo Antônio do Itambé, Alvorada de Minas, Datas, Presidente Kubitschek e Serro.

A partir desta quarta-feira (10), acontece a segunda etapa nos municípios de Senador Modestino Gonçalves, Felício dos Santos, Turmalina, Veredinha e Gouveia.

Outras 11 localidades serão visitadas até março do ano que vem. Todas as cidades escolhidas possuem a Estação Conhecimento da Vale, patrocinadora da iniciativa.

Oficinas e shows

"Fiz quatro edições para o 'Cinema nos Trilhos', mas após a crise de 2008, ele deixou de existir, assim como vários outros projetos. Quando tentei voltar com a ideia, a Vale me colocou um desafio: pense num projeto diferente", diz Inácio Neves, que sempre fez questão de abrir espaço para shows de artistas locais na realização de suas empreitadas.

Em cada cidade, a equipe de 22 pessoas – entre professores, monitores, videomakers, pesquisadores e produtores – trabalha por três dias.

Após as oficinas, todos os envolvidos trabalham em um show, aplicando seus conhecimentos. Além disso, é apresentado um curta-metragem focado nas aulas e nas pessoas de cada lugar.

As vagas são bastante disputadas por moradores das mais diferentes características. Mesmo assim, a equipe já percebeu que os funcionários das rádios locais buscam pelas oficinas de sonorização, enquanto os músicos não querem apenas uma oportunidade na aula de musicalização, como também querem aprender sobre luz e som.

Música para todos

"Na musicalização, nos preocupamos em ter pessoas de setores diferenciados, como o pessoal das igrejas, os mestres da viola, o roqueiro, o que gosta de funk.
Tem até gente que não sabe tocar nada. Eles ensaiam duas ou três músicas e depois tocam numa grande confraternização", explica Neves.

Assim como no "Cinema no Rio", as pessoas se sentem reconhecidas ao se verem no palco e na tela. Mas no "Sons no Vale" há um diferencial. "O Vale do Jequitinhonha é uma região muito musical, é impressionante como todas as cidades têm bandas. O problema é que essas pessoas trabalham com música durante um período da vida e depois têm de largar".

Aprendizado: "vamos levar essa experiência para toda a vida"

Moradora de Rio Vermelho, Mauriceia de Jesus Amora da Silva, de 33 anos, fez questão de participar da oficina de musicalização junto aos seus dois filhos – Sandro, de 14 anos, e Sérgio, de 12. Na apresentação final, ela tocou xilofone, o menino mais velho se apresentou com a viola, enquanto o mais novo esteve com o surdo.

"Foi uma coisa muito nova para mim e meus filhos. Nunca tínhamos trabalhado com esse tipo de música. É uma melodia diferente do que estamos acostumados", diz a mãe dos garotos, que formaram uma dupla sertaneja. "Vamos levar essa experiência por toda a vida", acrescenta.

Técnica musical

Professor de música em três cidades do Vale do Jequitinhonha, Anderson da Silva, o Decinho, fez questão de participar das oficinas junto aos seus alunos da Banda de Música de Santo Antônio de Itambé. "Foi inovador para todos nós. Vimos como é possível pegar uma música que já existe e dar um arranjo diferenciado para ela. Gostamos muito das técnicas ensinadas pelo professor Kristoff Silva", diz Decinho. Mais do que aprender sobre técnica musical, os garotos puderam ainda entender melhor como trabalhar em grupo. "Houve um trabalho conjunto e cada um pôde colocar o que estava sentindo. Foi um incentivo para eles estudarem mais, pois viram que a banda pode ter vários outros instrumentos", explica o professor, morador do Serro.

Fonte: Com informações do Hoje em dia

Governo de Minas inaugura Centro de Hemodiálise no município de Itaobim

Serão atendidos 72 pacientes das microrregiões de saúde de Almenara, Araçuaí, Itaobim e Pedra Azul, sendo que no local também funcionará um ambulatório de nefrologia
O secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, inaugurou nesta quarta-feira (10) em Itaobim, no Vale do Jequitinhonha, o Centro de Hemodiálise do Hospital Vale do Jequitinhonha de Itaobim, que facilitará o acesso dos pacientes ao serviço. A unidade recebeu investimentos do Estado no valor de R$ 130 mil, por meio do Pro Hosp, já a prefeitura de Itaobim entrou com contrapartida de R$ 300 mil e de R$ 700 mil de instituições italianas.
Inicialmente, serão atendidos 72 pacientes das microrregiões de saúde de Almenara, Araçuaí, Itaobim e Pedra Azul, sendo que no local também funcionará um ambulatório de nefrologia. No total, o centro contará com 14 máquinas, sendo que dois equipamentos ficarão de suporte. Dois nefrologistas foram contratados para trabalhar no local, que funcionará em três turnos. As máquinas responsáveis pela filtragem do sangue são consideradas de alta tecnologia e garantem maior conforto e segurança para os pacientes.
O secretário Antônio Jorge de Souza Marques parabenizou a região, que tem conseguido implantar uma série de serviços para a população. “Estamos aqui resolvendo não só um grave problema de acesso à saúde do serviço de hemodiálise na região, mas o maior benefício é a demonstração de que o povo do Vale do Jequitinhonha tem demonstrado que tem condições de implantar serviços de alta complexidade. Já temos na região os consórcios equipados, um transporte em saúde que é modelo na Organização Panamericana de Saúde para o resto das Américas e o Centro de Hemodiálise. E agora o governador Antonio Anastásia autorizou a liberação de R$3,6 milhões para a concretização da UTI do Hospital Vale do Jequitinhonha de Itaobim”, disse.
Avanços na região
A diretora técnica do hospital Vale do Jequitinhonha de Itaobim, Jalvanice Neves, acredita que a região tem conseguido importantes avanços na área de políticas públicas de saúde. “Estamos vivendo um sonho com esse que é o primeiro serviço de alta complexidade do Vale do Jequitinhonha. Isso se deve graças ao Governo de Minas que vem adotando uma postura técnica, identificando a necessidade que a nossa região tinha para implantar esse serviço”, disse.
O paciente do município de Medina, Cleiton Alves, conta que o serviço de hemodiálise em Itaobim irá facilitar o seu acesso ao tratamento. “Antes eu tinha que acordar às duas horas da manhã para ir para o município de Teófilo Otoni fazer o tratamento e só retornava para casa nove horas depois. Com o centro de hemodiálise de Itaobim o acesso fica muito mais fácil, porque Itaobim fica a apenas 30 minutos da minha cidade”, relatou.
A secretária Municipal de Saúde de Itaobim, Maria de Jesus Loredo Rocha, ressaltou que o serviço na região visa garantir uma melhor qualidade de vida para o paciente. “Estamos pensando no bem estar dessas pessoas que viajavam 1.500 quilômetros, por semana, para fazer o tratamento da hemodiálise. Isso é o início da humanização e acreditarmos que o Vale do Jequitinhonha tem condições de ter serviços de alta complexidade. Temos certeza que todos os usuários terão um tratamento digno e temos recebido o reconhecimento do estado de que somos capazes de avançar ainda mais”, disse.
A solenidade contou com a presença do prefeito de Itaobim, João Pereira dos Santos, da diretora da Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul, Djanira Araújo, do Superintendente Regional de Saúde de Teófilo Otoni, Ivan Santana e do Superintendente Regional de Saúde de Diamantina, Wandeir Botelho.
Hemodiálise
A hemodiálise é um tratamento que consiste na remoção de substâncias tóxicas do sangue como se fosse um rim artificial. O procedimento é uma terapia de substituição renal realizada em pacientes portadores de insuficiência renal crônica ou aguda, já que, nesses casos, o organismo não consegue eliminar tais substâncias devido à falência dos mecanismos excretores renais.
Fonte: Com informações da Agência Minas

7 de outubro de 2012

Candidato do PT vence as eleiçoes de 2012 em Virgem da Lapa


Harley Lopes de Oliveira é novo prefeito que vai administrar a cidade a partir de 2013. O candidato teve o apoio do atual prefeito Dim Martins

Harley foi eleito com 53,56% dos votos válidos, totalizando (3.728) votos. 

O candidato Diogenes do PTB teve 43,67%, (3.040) dos votos válidos.

Marcinho de Nália do PSB 2,77%, (193) dos votos válidos. 

A cidade de Virgem da Lapa esta locaizada no médio jequitinhonha tem 13.619 habitantes e possui 10.504 eleitores.







Votos válidos 92,73% (6.961), votos nulos 5,61% (421), brancos 1,67% (125).

As abstenções chegaram a 28,53% o que corresponde a 2.997 votos.

Vereadores eleitos

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo