9 de abril de 2011

Paulinho Pedra Azul comemora 30 anos de carreira e lança CD com trajetória

Além do trabalho na música, Paulinho Pedra Azul é poeta, escritor e até já fez ponta como ator

“E lá vou eu nessa estrada desafiando o coração; cantando em prosa ou canção feito uma ave cantadeira. Cantar, cantar, viver, viver…” É assim, como os versos de sua canção Ave cantadeira, que o cantor e compositor mineiro Paulinho Pedra Azul, 56 anos, vem levando sua vida e sua carreira. Completando 30 anos de estrada em 2011, o músico, que carrega o nome de sua cidade, Pedra Azul (MG), em sua alcunha artística, passa por um momento bem especial.

Para comemorar assinou contrato com a Som Livre e acaba de lançar seu mais recente projeto, o CD Paulinho Pedra Azul — 30 anos. “É bem legal isso, porque é uma gravadora nacional, vou ter a oportunidade de mais gente conhecer o meu trabalho, uma maior divulgação nas lojas, ainda mais que eu fiz minha carreira praticamente de maneira independente”, comenta o artista do Vale do Jequitinhonha.

O disco traz no repertório grandes sucessos de Paulinho como Jardim da fantasia, Valsa do desencanto e Ave cantadeira, que conta com a participação especial do padre Fábio de Melo. “O CD faz um apanhado de toda a minha trajetória e tem de tudo um pouco. Xote, chorinho, samba, bossa e ainda tem o padre Fábio como convidado. Eu já o conhecia, cheguei a gravar uma música em um disco dele há algum tempo. Ficou bem interessante a parceria”, destaca.

DVD

O lançamento oficial do CD será em abril, em Belo Horizonte, e a turnê só vai tomar corpo mesmo no segundo semestre, quando será gravado o primeiro DVD da carreira do cantor, em um show no Palácio das Artes, também na capital mineira.

Além do trabalho na música, Paulinho Pedra Azul é poeta, escritor e até já fez ponta como ator. Ao todo foram 15 livros de poesias publicados (10 são independentes) e um diário escrito em Havana, publicado em 2002. Já contabilizou em venda mais de 100 mil exemplares de livros e, cerca de 500 mil cópias de discos. “Na minha família todo mundo tem um lado meio artístico. Seja nas artes plásticas, na música, na literatura. E tudo contribuiu para a minha formação e resultou no artista que sou hoje”, resume.
Fonte: Com informações do Portal Uai

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo