7 de janeiro de 2011

Conselho Tutelar: família vive em condições sub-humanas em Almenara

Conheça a dura realidade de uma família da periferia de Almenara - MG

Na última terça-feira(04), a convite do Conselho Tutelar de Almenara, a equipe de reportagem do Diário do Jequi registrou a dura realidade de algumas crianças que “vivem”, ou melhor, tentam sobreviver na periferia da cidade com quase nada.


Ao chegar ao local, as crianças estavam espalhadas pela rua brincando descalças e sem camisa. Na casa moram duas jovens mulheres grávidas e suas nove crianças, com idade entre 02 e 10 anos. Uma casa sem portão, com problemas sanitários e muitas moscas. Certamente um local inapropriado para o desenvolvimento sadio de qualquer ser humano.


Sebastiana é diarista em Almenara, está grávida do seu sexto filho e divide a casa com sua irmã além dos seus 04 sobrinhos com uma renda média de 240 reais, incluindo R$ 40, OO reais que recebe como parte do Bolsa Família. Além disso, ela recebe também 1,5 litros de leite por dia por meio do programa Leite pela vida, ambos do Governo Federal.


Fica claro como a falta de maiores investimento em educação e um acompanhamento sério dos órgãos públicos responsáveis junto às famílias em zona de risco desestruturaram completamente duas jovens almenarenses e impediu que dessem a elas uma condição de igualdade no acirrado mercado de trabalho local e um mínimo de noção de planejamento familiar.


Sebastiana faz parte dos 25 por cento dos Almenarenses que são analfabetos segundo o IBGE .Esse é um índice duas vezes maior que o nacional. Uma realidade dura de acreditar.

A situação de Maria Sebastiana e Luciana só não é pior que a expectativa de seus filhos. Um processo familiar que tende a multiplicar em miséria e abandono.


O que será do futuro dessas mulheres, de certa forma vítimas da desigualdade social? O que serão dessas crianças amanhã, que diferentes de suas mães não são mais duas, logo serão onze futuros pais e mães de outras crianças.

Não há como fechar os olhos diante dessa situação. Essas crianças precisam de nossa ajuda. Caso queira ajudar entre em contato com nossa equipe pelo fone 33 8824-7789 ou para o Conselho Tutelar 33 3721-2138.

Fonte: Com informações do Diário do Jequi

Um comentário:

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo