15 de novembro de 2010

Serro e Couto de Magalhães de Minas: criação e ampliação de unidades de conservação

A criação do monumento natural e a ampliação dos parques permitirão a formação do sistema de áreas protegidas, que garantirá a proteção de áreas de significativa importância ecológica e paisagística


Foto:
Cachoeira do Crioulo, no Parque Estadual do Rio Preto

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) realizará, entre os dias 16 e 18 de novembro, na região do Alto Jequitinhonha, três reuniões de esclarecimento à comunidade local sobre a proposta de criação do Monumento Natural Estadual Várzea do Lageado e Serra do Raio e da ampliação dos Parques Estaduais do Rio Preto e do Pico do Itambé. As reuniões serão promovidas nos municípios de Serro e Couto de Magalhães de Minas.

Durante os encontros, os representantes das comunidades, instituições públicas e privadas poderão conhecer os projetos e esclarecer dúvidas sobre as unidades de conservação. Os documentos técnicos que subsidiam a criação e ampliação das unidades estão disponíveis para consulta pública na página do IEF na internet. As informações também se encontram à disposição dos interessados na sede do IEF, na rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n, Edifício Minas, 1º andar, bairro Serra Verde, em Belo Horizonte, e nas prefeituras de São Gonçalo do Rio Preto, Santo Antônio do Itambé e Serro.

A criação do monumento natural e a ampliação dos parques permitirão a formação do sistema de áreas protegidas, que garantirá a proteção de áreas de significativa importância ecológica e paisagística. Nelas podem ser encontrados remanescentes de campos cerrado e rupestre e de Mata Atlântica. A área é também detentora de grande quantidade de nascentes que abastecem as bacias dos rios Araçuaí, Doce e Jequitinhonha.

Pelas propostas, o Monumento Natural da Várzea do Lageado e Serra do Raio terá 2.199 hectares. Já a área do Parque Estadual do Rio Preto passará dos atuais 12.185 hectares para 32.496, enquanto a do Pico do Itambé será ampliada de 6.520 para 10.834 hectares. “A ampliação dos parques também permitirá maior proteção a áreas que atualmente estão incluídas nas Áreas de Proteção Ambiental (APAs) Estadual das Águas Vertentes e nas municipais Felício e Rio Manso. Também permitirá a formação de um corredor ecológico entre as unidades de conservação”, afirma a gerente de Criação de Áreas Protegidas do IEF, Mariana Gontijo.

Já o local indicado para ser transformado no Monumento Natural da Serra do Raio e Várzea do Lageado, representa uma área de grande importância paisagística e ambiental para os habitantes da região. A beleza cênica do local proporciona um grande apelo turístico, além de abrigar importantes nascentes que abastecem as comunidades de Capivari, Vau e São Gonçalo do Rio das Pedras. Diversos sítios de interesse paleontológico, contendo pinturas rupestres, podem ser encontrados nas lapas da região, por onde passaram, na época colonial, os viajantes que percorriam a Estrada Real com destino ao Arraial do Tejuco, atual Diamantina.

Caso sejam efetivadas as propostas, as áreas protegidas em questão terão terrenos nos seguintes municípios: Serro, Santo Antônio do Itambé, Serra Azul de Minas, São Gonçalo do Rio Preto, Couto Magalhães de Minas, Rio Vermelho, Felício dos Santos e Diamantina.

Conheça abaixo, o calendário e os locais das reuniões de esclarecimento público:

Reunião de esclarecimento sobre a criação do Monumento Natural Estadual Várzea do Lageado e Serra do Raio
Data: 16 de novembro, às 17h.
Local: Centro Cultural de Milho Verde, Serro/MG.

Reunião de esclarecimento sobre a ampliação dos parques estaduais do Pico do Itambé e do Rio Preto
Data: 17 de novembro, às 14h.
Local: Câmara Municipal do Serro.

Reunião de Esclarecimento sobre a ampliação dos parques estaduais do Pico do Itambé e do Rio Preto
Data: 18 de novembro, às 14h.
Local: Câmara Municipal de Couto de Magalhães de Minas

Fonte: Com informações do Farol Comunitário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo