10 de outubro de 2010

FRANCISCO BADARÓ/ARACUAÍ: COMUNIDADE REIVINDICA O CUMPRIMENTO DA PROMESSA DE ALARGAMENTO DAS PONTES

As obras de asfaltamento da LMG 676 que liga Araçuaí as cidades Francisco Badaró e Jenipapo de Minas foram iniciados em 2009. As obras estão praticamente concluídas, entretanto, a promessa de alargamento das pontes ainda não foi cumprida.

A ordem de serviço de pavimentação da LMG 676 que liga Araçuaí a Francisco Badaró foi liberada em março de 2009. A obra gerou muitos empregos e foi orçada em 52 milhões de reais. A pavimentação desta rodovia era uma antiga reivindicação de lideranças comunitárias e sociais da região.

A rodovia beneficia algumas comunidades rurais de Araçuaí que agora tem um acesso mais rápido a sede do município, além de levar ligação asfáltica a Jenipapo e Badaró que em pleno século XXI não possuíam estradas asfaltadas

A rodovia possui três pontes muito estreitas e antigas, a do Calhauzinho, Gravatá e Rio Setubal. A mais próxima de Araçuaí é ponte sob o rio Calhauzinho construída na década de 40 com a chegada do trem de ferro, o piso esta muito danificado e apenas um carro pode atravessar por vez. O mesmo é observado na ponte sob o rio Gravatá. A comunidade reclama da situação e afirma que os moradores correm riscos. Estes precisam fazer malabarismos quando coincide de passarem junto com um carro sob a ponte.

A obra já esta praticamente concluída e até agora não foi realizado o alargamento das pontes, segundo o coordenador do DER de Araçuaí, Marco Antonio, o edital para o serviço saiu este mês e em breve as obras serão iniciadas.

Ao todo serão pavimentados 73 km de rodovia, sendo 47 entre Araçuaí e Francisco Badaró, 17 km entre o trevo de Francisco Badaró a Jenipapo de Minas e mais 18 entre Badaró a Berilo.

Fonte: Com informações do Portal Ara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo