21 de julho de 2010

Coral Trovadores do Vale comemora 40 anos


O Coral é formado por trabalhadores de diversos ofícios e profissões: celeiros, pedreiros, sapateiros, artesãos e artesãs, comerciárias, donas de casa, lavadeiras, professores e estudantes

Uma extensa programação está sendo preparada para celebrar esta importante data para a cultura do Vale do Jequitinhonha. Além da participação de grupos da região e de outros municípios, artistas como Titane, Rubinho do Vale Saldanha Rolim, entre outros, estarão presentes e já confirmaram presença. Serão quatro dias de intensas atividades, com a inauguração de loja e do museu do coral, Feira de Artesanato, apresentação de grupos de cultura popular e shows.

A iniciativa partiu do próprio grupo, e segundo Fatinha, coordenadora do Coral, toda organização das comemorações está a cargo do próprio grupo, que tem buscado junto a seus admiradores apoio na captação de recursos para organização do evento. Uma carta está sendo divulgada com o objetivo de levantar recursos necessários à realização do evento.


O grupo, referência na cultura do Jequitinhonha, nasceu no último ano da década de sessenta, quando Frei Chico (Frei Francisco Van Der Poel) convidou um grupo de jovens de Araçuaí para cantar as músicas que catalogou durante seu trabalho de pesquisa na região. O trabalho de pesquisa contou com a significativa ajuda da artesã Lira Marques com quem dividiu a responsabilidade de organizar o grupo.

O repertório dos TROVADORES é composto de cantos e danças, influência dos negros, índios e portugueses que se fizeram presentes na região durante seu povoamento. No seu programa estão cantos de canoeiros, tropeiros, boiadeiros e machadeiros - batuques, beira-mar, roda, contradança, folias, benditos, excelências e cantos de penitência. Os instrumentos musicais em consonância com a política de valorização da regionalidade também são típicos: tamborzeiro, roncador, pirraça, pandeiro, caixa e violão.

O coral lançou seu primeiro CD em 1983, "Ainda Bem Não Cheguei", produzido pelo Movimento de Cultura Popular do Vale do Jequitinhonha. O segundo, "Beira-Mar Novo" (Lapa Discos), foi gravado ao vivo na Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Araçuaí. O Coral Trovadores possui também diversos registros gravados em trabalhos realizados em todo o país e também no exterior.


O Coral é formado por trabalhadores de diversos ofícios e profissões: celeiros, pedreiros, sapateiros, artesãos e artesãs, comerciárias, donas de casa, lavadeiras, professores e estudantes. Diversidade de vozes, ritmos e sons, onde convivem diferentes gerações e, às vezes, famílias inteiras, identificadas pelas mesmas raízes culturais. Pelo grupo passaram várias gerações, muitos ainda estão no grupo desde sua fundação, como é o caso de uma de suas fundadoras, a artesã Lira Marques.


O Coral dos Trovadores disponibilizou uma conta bancária para receber doações:

Coral Trovadores do Vale
Banco do Brasil
Conta Corrente: 19.442-5
Agência: 0152-X
Araçuaí

Outras informações com Fatinha:
(33) 3731-1726 (Horário comercial)


Visitem também o Blog do Coral: http://trovadoresdovale.blogspot.com/


Fonte: Com informações do Site Onhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo