7 de julho de 2010

BR - 367 vira bandeira de campanha eleitoral

No Caminho de Minas e no PAC: BR 367 agora vai?


Há promessas de asfaltamento de trechos: entre Virgem da Lapa- Coronel Murta
Virgem da Lapa-Berilo
Virgem da Lapa- Lelivéldia- Buriti


A BR 367 virou bandeira de campanha eleitoral. Antes, o governo Aécio-Anastasia dizia que não podia mexer na BR pois ela é federal. Agora, anuncia em Almenara e Belo Horizonte que vai fazer.


E tem prefeito e correligionário soltando foguete com mais uma promessa eleitoral. Lula e Dilma anunciaram em 19 de janeiro, em Jenipapo de Minas, e em 29 de março, em Brasília, que a BR 367 erá asfaltada e que foi incluída no PAC – Programa de Aceleração do Crescimento.Com duas promessas de governador e Presidente os trechos da BR 367 que faltam ser asfaltados talvez agora saem do papel. Mas, pergunto: por que não asfaltaram durante os mais de 7 anos que ficaram à frente do governo de Minas e do Brasil?


Em 05 de maio, o DNIT – Departamento de Infra-estrutura Terrestre, do Ministério dos Transportes, e o DER – Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais, assinaram um Termo de Compromisso em pavimentar os trechos de Almenara-Jacinto-Salto da Divisa, de 61,6 km; e de Virgem da Lapa-Berilo-Chapada do Norte – Minas Novas, de 59,7 km.


Ou seja, são 121,3 km que deverão ser asfaltados na próxima gestão do Governo Federal. Mas, se José Serra for o Presidente, não acredito nessa possibilidade. O seu sentimento de paulista que só quer pra si não deixará.Eu creio que agora vai, mas isso se deve a muita pressão e cobrança de todo o Vale do Jequitinhonha.


Programa eleitoral depende de financiamento do BID e Banco Mundial
O governador Antonio Anastasia anunciou, nesta segunda-feira, 14.06, o Programa Caminho de Minas. Trata-se de pontos de um programa eleitoral que pretende levar asfalto a 223 trechos de estradas que fazem ligação entre as cidades mineiras.


O programa beneficiará diretamente 297 municípios, com a pavimentação de 7,6 mil quilômetros de extensão, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de milhares de mineiros que utilizam as estradas de terra. Como o próprio Governador afirmou "o Caminhos de Minas é a continuidade do Proacesso".


Durante a solenidade o governador Antonio Anastasia afirmou que no início de julho irá a Washington (EUA), apresentar o novo programa do Governo do Estado aos dirigentes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Banco Mundial (Bird). Segundo ele, passará dois dias nos Estados Unidos para apresentar tal projeto e negociar financiamento. Nós, contribuintes, pagaremos depois, em suaves prestações.


Participaram da solenidade 203 prefeitos de cidades mineiras, deputados estaduais e federais, secretários de Estado e outras autoridades.


CAMINHOS DE MINAS - VALE DO JEQUITINHONHA
Estes são os trechos relacionados no programa Caminhos de Minas que são reivindicações antigas da população dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri:

Capelinha - Itamarandiba - Sen Modestino Gonçalves 99 km;

Carlos Chagas – Pavão - 56 km;

Chapada do Norte - Leme do Prado - 18 km;

Curral de Dentro - Entrº Berizal - 20 km;

Diamantina – Monjolos - 63 km;

Entrº Araçuai - Novo Cruzeiro - Ladainha - 132 km;

Entrº Virgem da Lapa - Entrº Cel Murta - 36 km;

MG/406 - Pedra Azul - Almenara (Pedra Grande) 32 km;

Pedra Azul, Almenara - 61 km;

Rio do Prado – Rubim - 31 km;

Salto da Divisa - Almenara - 61,6 km;

Serra Azul de Minas-Rio Vermelho–Coluna - 50 km;

Setubinha – Capelinha - 50 km;

Taiobeiras - Fruta de Leite - 54 km;

Virgem da Lapa-Lelivéldia- Buriti(José Gonçalves de Minas) - 40 km;

Virgem da Lapa.Berilo. Chapada do Norte. Minas Novas ( BR 367)-59,7 km.
Fonte: Com informações do Diário do Jequi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo