18 de dezembro de 2009

Chuva intensifica estragos em Araçuaí

No final de semana de 5 e 6 de dezembro, Araçuaí registrou um índice pluviométrico acima da média. A chuva que caiu na madrugada de sexta para sábado causou estragos em muitos pontos da cidade.
A chuva tão esperada pelos moradores do Vale finalmente voltou a cair na região. Ela é sinal de benção e de fartura para o Jequitinhonha. Entretanto ela se concentrou nos dias 5 e 6 de dezembro. Choveu quase 12 horas seguidas, alternando chuva mais fraca e pancada de chuva mais forte. Em apenas um dia choveu o que estava previsto para a metade do mês de dezembro. A chuva trouxe a tona velhos problemas.


As regiões mais baixas da cidade receberam um grande volume de água. Pedestres e carros tiveram dificuldades em transitar por alguns ruas. Este caminhão(foto) ficou com as rodas praticamente cobertas pela água, neste cruzamento do bairro Canoeiro. O muro de quase dois metros de altura da escola estadual Leopolodo Pereira, que passou por reformas recentemente, não suportou a pressão da água e caiu.


Felizmente ninguém estava passando pela calçada. A urbanização e o crescimento das cidades trazem problemas que precisam de soluções. Com a pavimentação de ruas e a construção de casas, as águas das chuvas não conseguem infiltrar na terra, por isso as enxurradas aumentam a cada ano. As cidades precisam de um plano diretor para delimitar os locais que não podem ter construções, por que funcionam como escoamento de água e, também, projetos a longo e médio prazo para construção de redes pluviométricas e galerias.

A situação mais crítica registrada durante esses dias de chuva intensa foi nesta parte da avenida Pedro da Costa Almeida, localizada no bairro Canoeiro. A água chegou a mais de meio metro nas casas dos moradores. Várias delas foram inundadas. Este é um antigo problema que precisa de solução.Depois da chuva os problemas continuaram numa parte da avenida Pedro da Costa Almeida. Ela ficou praticamente intransitável devido a lama.

Outro problema apontado pelos moradores é o esgoto que corre a céu aberto, que virou quase um córrego colocando em perigo a saúde dos moradores.Os bairros Coração de Jesus e Esplanada quando as chuvas são mais intensas, também, sofrem com a grande quantidade de água. Ruas se transformam em verdadeiros rios.

Este ano, a situação foi agravada. No bairro Esplanada devido as obras de saneamento básico realizadas pela Maquenge. Imagens feitas por celular mostram que algumas casas ficaram com os quintais inundados. A água estava jorrando da rede de esgoto. Os motoristas também correram perigo devido aos buracos feitos nas ruas.
Fonte: Com informações do Portal Ara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo