23 de setembro de 2009

Padrasto que matou enteada em Turmalina é condenado a 41 anos de prisão

Um lavrador acusado de matar sua enteada de oito anos foi condenado a 41 anos e seis meses de prisão. Ele também tentou matar a companheira e outro filho dela, em junho de 2008, em Turmalina, no Vale do Jequitinhonha.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, o acusado esfaqueou a companheira e os enteados. Uma das crianças, uma menina de oito anos, foi atingida com três facadas e morreu. Os jurados reconheceram o homicídio e as tentativas e condenaram o lavrador.

A decisão é do Tribunal do Júri da comarca de Turmalina.
Fonte: Com informações do Portal Uai/TJMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo