30 de setembro de 2009

Fundação Vale investe R$ 10 milhões no Vale do Jequitinhonha

Um novo “sopro de vida” para o Alto Vale do Jequitinhonha chega agora, sob forma de investimentos da Fundação Vale. O mesmo Vale conhecido, durante muito tempo, como “vale da miséria e da pobreza”, hoje, por meio da organização do seu povo, de suas comunidades, uniu forças com o Governo de Minas para crescer nos campos político e social e se tornar o Vale das oportunidades e do desenvolvimento.

Pela primeira vez no mundo Fundação Vale investe fora da sua áera de operação
Pela primeira vez no mundo, a Fundação Vale vai investir recursos da ordem de R$10 milhões em uma região fora da sua área de operações: o Alto Jequitinhonha. “Encontramos nesta região uma organização social, um modelo de gestão e uma proposta de desenvolvimento que vai de encontro à missão da Fundação” justificou a gerente-geral de relações intersetoriais da Fundação Vale, Andreia Rabetim.

Parceria foi apresentada a políticos da região
A parceria firmada foi apresentada aos prefeitos, vereadores e demais lideranças da região, durante a Oficina Territorial do Alto Jequitinhonha, que aconteceu em Diamantina, nessa terça-feira (29). Os investimentos da Fundação Vale serão destinados à implantação de uma Estação Conhecimento, na cidade de Diamantina, em parceria com o Governo de Minas, por meio do sistema Sedvan/Idene. O projeto oferecerá cursos profissionalizantes e atividades com ênfase em esporte, arte e cultura a 1.500 jovens, de 7 a 19 anos, de 23 municípios do Alto Jequitinhonha. A Fundação Vale repassa a metodologia e utiliza a experiência dos profissionais locais, gerando emprego e renda, em dois módulos, um urbano e outro rural.

Durante o evento, Andreia Rabetim afirmou que o papel da Fundação é potencializar o investimento social da empresa, atuando em duas vertentes: apoio à gestão pública e apoio ao desenvolvimento humano e econômico. Visivelmente feliz com o novo projeto, Andreia enfatizou que “foi um grande prazer conhecer o trabalho que vocês fazem aqui - referindo-se ao trabalho do sistema Sedvan/Idene e das prefeituras, que ela reconheceu como de ‘grande qualidade’ – e é por isso que posso dizer que é um prazer para a Vale estar no Vale”.


Elbe Brandão secretária de Estado Extraordinária para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas fala sobre o assunto
A secretária de Estado Extraordinária para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas, Elbe Brandão, pontuou que este momento é de construção de algo que está demarcando mudanças em nível nacional e internacional e ressaltou a importância das políticas territoriais em prol de um bem maior, a partir de um panorama dos investimentos que acontecem hoje no Vale do Jequitinhonha: “Para cada R$ 1,00 gasto no centro-sul do Estado, R$ 2,00 são investidos em nossa região”, afirma.

Elbe ressaltou ainda o choque de gestão do Governo Aécio Neves e destacou os programas que vêm sendo implementados e geridos com a participação das comunidades envolvidas, além de ações nas áreas de saúde, educação, transporte, comunicação. “Esta é a primeira região em que a Vale vai investir que não esta em sua área de atuação e isto é uma prova de que os olhares sobre o Vale do Jequitinhonha estão se refletindo em novas oportunidades e novos investimentos”, conclui.

Agenda de trabalho será discutida
Após a solenidade, Andreia Rabetim e Elbe Brandão se reuniram com a diretoria da Associação dos Municípios do Alto Jequitinhonha (Amaje) para discutir uma agenda de trabalho. Nesta quinta-feira (1º), a secretária se reúne com o diretor-superintendente da Fundação Vale Silvio Vaz de Almeida, na sede da Fundação, no Rio de Janeiro, para discutir as próximas ações.
Fonte: Com informações da Agencia Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo