6 de agosto de 2009

Samuel Rosa conta detalhes do acidente aéreo com o Skank em Capelinha

"Foi um grande trauma". O susto pelo qual a banda mineira Skank passou há duas semanas, quando a porta do avião em que o grupo se encontrava soltou-se em pleno ar, ainda está presente na memória do vocalista Samuel Rosa. Ele contou, com exclusividade ao Jornal da Alterosa, detalhes do momento em que os músicos descobriram, em pleno ar, que a aeronave estava voando sem a porta.

Segundo Samuel Rosa, eles estavam a cerca de 2.500 metros de altura quando ouviram um grande estrondo. "Ficamos assustados. Quando olhamos, havia um buraco no avião", contou. O vocalista conta que os ocupantes só conseguiram relaxar quando o piloto do avião conseguiu voltar e pousar na pista da fazenda de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, de onde haviam partido momentos antes.

"Foi uma situação inesquecível, ainda não nos refizemos do susto", afirmou. Após o trauma, Samuel Rosa conta que o Skank só pensa em olhar para frente. Os mineiros comemoram o sucesso da música "Sutilmente", que está entre as cinco mais tocadas do país. AcidenteO avião era do modelo King Air C90 e levava nove pessoas - o piloto, copiloto, o empresário, o produtor, segurança e os quatro integrantes do Skank.

Após o incidente, o piloto precisou voltar e pousar na mesma pista da qual havia decolado. Ninguém se feriu.

A empresa de táxi aéreo responsável pela aeronave oferece uma recompensa de R$ 2 mil para quem achar a porta perdida.
Fonte: Com informações do Portal Uai

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo