31 de agosto de 2009

12 municípios do Vale estão entre os menos desenvolvidos em renda, emprego, saúde e educação

Levantamento feito pelo EM mostra que 81 dos 85 municípios mais pobres de Minas foram investigados nos últimos sete anos por envolvimento em casos de improbidade e fraudes.

Não é coincidência. Segundo levantamento feito pelo Estado de Minas com base em estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), em 81 dos 85 municípios mineiros com menor índice de desenvolvimento, a pobreza está de mãos dadas com a corrupção. Um casamento que está longe do fim e sacrifica a população, afastando-a de serviços básicos como educação e saúde, especialmente no Norte de Minas e nos vales do Jequitinhonha e Mucuri, onde estão concentradas as cidades com piores indicadores. O mais grave, entretanto, é que o ciclo cruel de baixo desenvolvimento e corrupção está longe do fim porque, para o cientista político Rubens Figueiredo, só a punição exemplar seria capaz de mudar essa realidade.

Doze (12) municípios do Vale do Jequitinhonha estão entre os 85 em MG com os piores indices de trabalho, renda, educação e saúde.
São eles Minas Novas (768°), Coronel Murta (769°), Almenara (780°), Itaobim (792°), Chapada do Norte (811°), Ponto do Volantes (783°), Monte Formoso (830°), Jacinto (834°), Comercinho (836°), Divisópolis (837°), Palmópolis (840°), Angelândia (841°).
Veja a lista das cidades menos desenvolvidas de Minas

Virgem da Lapa não esta nessa lista.

São João do Pacuí no Norte de Minas é o município com pior índice no estado (853º) e esta entre os 30 piores do país em trabalho, renda, educação e saúde.

Infelizmente, São João do Pacuí não está sozinho. Em muitos casos, os municípios aparecem como alvo em mais de uma das recentes operações da Polícia Federal desencadeadas para conter a sangria nos cofres públicos, desde 2006.

Um exemplo é Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha, que entrou para a lista das cidades investigadas em 2008 tanto na Operação Pasárgada – que apurou liberação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de forma fraudulenta – , quanto na João-de-barro – que estancou desvios de recursos de emendas parlamentares para obras de saneamento. Minas Novas ocupa hoje o 768º lugar em desenvolvimento entre os 853 municípios mineiros.
Fonte: Com informações do Portal Uai

29 de agosto de 2009

Presos de Araçuaí usam matéria-prima local em artesanato

Fibras de bananeira e de taboa servem de matéria-prima e são transformadas em chapéus, vasos para flores, jogos americanos, porta-retratos e abajours, após passarem pelas mãos de 12 detentos do regime fechado do Presídio Doutor Carlos Vitoriano (PDCV), em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha.

O grupo descobriu o potencial dessas duas plantas para o artesanato depois de frequentar o Curso de Artesanato de Fibras Naturais, no período de 17 a 20 de agosto, oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Araçuaí.

De acordo com o diretor-geral do presídio, Valdeci Ribeiro da Silva, o objetivo é oferecer ao preso uma qualificação que possa ajudá-lo em seu processo de ressocialização. A intenção é fazer uma exposição itinerante para expor os produtos na Prefeitura, Fórum e na Superintendência Regional de Ensino da cidade.

As cadeiras serão destinadas ao uso na própria unidade, substituindo as antigas.

“Primeiramente, os produtos serão apenas expostos ao público, como uma espécie de degustação. A partir do resultado é que pensaremos numa produção destinada à venda,” explica Valdeci. Com duração de 40 horas, o curso é ministrado pelo instrutor João Batista de Souza Porto, do Senar, em um espaço próximo à plantação de hortaliças do presídio. Ali, os detentos aprendem a fazer vários tipos de artesanato usando as folhas da taboa e da bananeira. Eles tecem as fibras utilizando técnicas de trançagem e de “tecido xadrez”. Fazem também acentos e encostos para cadeiras.

A taboa (Typha domingensis) é uma planta hidrófita (aquática) típica de brejos, manguezais, várzeas e demais espelhos d' água. Mede cerca de dois metros e, na época de reprodução, apresenta espigas na cor café contendo milhões de sementes que se espalham pelo vento. Sua fibra é durável, resistente e pode ser usada como matéria-prima para papel, cartões, pastas, envelopes, cestas, bolsas e outros itens de artesanato.

Dentro do PDCV também são desenvolvidos pelos detentos outros tipos de trabalhos, como os artesanatos em crochê que dão formas a bolsas, toalhas, bonés e chapéus ou como as tarrafas, espécie de rede para pesca. A arrecadação com a venda dos objetos é repassada às famílias dos detentos.

Além da atividade artesanal, os presos cuidam do cultivo da horta, onde plantam salsinha, cebolinha, coentro, alface, mostarda, rúcula, couve e pimentão. Esses alimentos são doados para projetos de ações sociais do Vale do Jequitinhonha, Hospital São Vicente de Paula e vendidos para os próprios servidores do presídio e supermercados da região.

A faxina do presídio também é feita com a ajuda dos detentos, que trabalham também na lavanderia da unidade. Todas as atividades exercidas pelos presos, dentro ou fora da unidade – há um grupo que trabalha na limpeza geral do Hospital São Vicente de Paula e também na sede local da Copasa - contribuem para a remissão da pena, ou seja, para cada três dias trabalhados, é contabilizado um a menos de detenção.

A parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e o Sindicato dos Produtores Rurais de Araçuaí permite que, por ano, quatro cursos profissionalizantes sejam oferecidos aos detentos que cumprem pena no Presídio Doutor Carlos Vitoriano, incluindo o de Olericultura Básica e dois de Artesanato (pinturas em tecidos). O bom comportamento serve como critério de avaliação para a participação de cada interno.
Fonte: Com informações do Site farolcomunitario

27 de agosto de 2009

Expovales será realizada de 15 a 20 de setembro

A 35ª edição da Exposição Agropecuária dos Vales do Mucuri, Jequitinhonha e São Mateus(Expovales), vai ser realizada de 15 a 20 de setembro próximo no Parque de Exposições Antônio Marques Corrêa (Pampulhinha).

O evento é coordenada pela Cooperativa de Laticínios de Teófilo Otoni(CLTO) e conta com a parceria da Associação dos Produtores dos Três Vales, Banco Credivale, Sindicato Rural de Teófilo Otoni, Prefeitura de Teófilo Otoni e Jump Produções.

Além dos leilões, torneio leiteiro, exposição de bovinos, eqüinos e ovinos, mostras de produtos e serviços de agronegócio e estandes com mostras empresariais, a Expovales 2009 vai contar com uma ampla praça de alimentação e espaço para parque de diversões.

Shows
No dia 18- (sexta-feira)- Banda Cavalo de Fogo
Sábado 19- (sábado) - César Menoti e Fabiano
Domingo 20-(domingo)- Hugo Pena e Gabriel.
Fonte: Com informações da Radio Teófilo Otoni

26 de agosto de 2009

Ponto de Partida, Meninos de Araçuaí participaram do Criança Esperança



O Grupo Ponto de Partida e os Meninos de Araçuaí se apresentaram com Milton Nascimento no palco do Criança Esperança, pela TV Globo. A apresentação oconteceu no último sábado (22). Milton, PP e os meninos de Araçuaí são parceiros desde o espetáculo Ser Minas tão Gerais (2002), que ficou quatro anos em cartaz, excursionando pelo Brasil e a França e sendo, inclusive, lançado em DVD.

O grupo foi convidado pelo diretor Gabriel Vilella para fazer a abertura do programa da Rede Globo. Atualmente, o Ponto de Partida e os Meninos de Araçuaí estão em cartaz com Pra Nhá Terra, e se apresentam no Rio de Janeiro, em outubro, no Centro Cultural Tom Jobim, celebrando uma parceria com a Natura.
Fonte: Com informações do Site barbacenaonline

Embrapa leva informações tecnológicas para produtores do Vale do Jequitinhonha

Nos meses de agosto e setembro, a Embrapa Gado de Leite realiza em Minas Gerais, com a parceria da Emater-MG e do Programa de Aprimoramento da Pecuária de Leite do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha (Procriar) eventos de transferência de tecnologia.

Trata-se do III Circuito sobre a pecuária de leite familiar do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha.Sete cidades mineiras sediarão as atividades do Circuito. O primeiro dos eventos ocorre no dia 25, em Santo Antônio do Jacinto, no Vale do Jequitinhonha.

Nos dias 26 e 27, as palestras serão realizadas nos municípios de Itaobim e Rio Pardo de Minas.

Em setembro, o Circuito atinge as seguintes cidades do Norte de Minas: Capitão Enéas (15), Verdelândia (16), Varzelândia (17) e São Francisco (18)).O Circuito apresentará aos produtores destas duas regiões, consideradas as mais pobres do estado, tecnologias para melhorar a qualidade do leite, aumentar a produção e ampliar as perspectivas para a atividade.
Fonte: Com informações do Portal agrosoft

25 de agosto de 2009

Leite pela Vida garante distribuição para mais dois anos

O Programa Leite Fome Zero – Um Leite pela Vida está garantido por mais dois anos. Isso porque o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais – Idene, e o Ministério do Desenvolvimento Social – MDS, assinaram convênio para a continuidade do programa no período de agosto de 2009 a julho de 2011.

O convênio prevê um investimento de R$ 127.177.674,00 para garantir a distribuição do leite em 193 municípios do Norte e Nordeste de Minas. A contrapartida do Estado é de R$ 33.171.924,00.
Atualmente, o Leite pela Vida distribui, gratuitamente, 151,5 mil litros de leite por dia para famílias que possuem crianças de seis meses a seis anos de idade, gestantes, nutrizes e idosos.

De acordo com Walter Adão, diretor geral do Idene, a continuidade do programa comprova que a metodologia estabelecida pelo Governo de Minas Gerais, priorizando a compra do leite de pequenos produtores, está aprovada. "Além de gerar emprego e renda, com a compra local do leite no segmento da agricultura familiar, contribuindo para o fortalecimento do pequeno produtor de leite, bem como de cooperativas e laticínios locais. O programa ainda colabora no sentido de diminuir a vulnerabilidade social, combatendo a fome", ressalta.

Além disso, com a ajuda do Programa Leite pela Vida, a desnutrição nas crianças de 0 a 6 anos vem diminuindo de maneira considerável. Dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan), da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), mostram que o índice de desnutrição chegou a 4,62% em outubro de 2008, abaixo do índice de 5,8% estipulado pela Portaria 325 do Ministério da Saúde em 2008.

Incentivo
Outra novidade é que o Programa Leite pela Vida, iniciará a distribuição de sementes de sorgo para cerca de 4 mil pequenos produtores rurais. A iniciativa é uma ação complementar do programa, para auxiliar na alimentação do gado leiteiro.

O diretor de programas e projetos do Idene, Carlos Fernando Amaral, explica que uma das grandes dificuldades do pequeno produtor de leite é a alimentação do gado no período de estiagem. "O capim fica inviável para alimentar o gado, mas o sorgo resiste à seca. Ou seja, com esse complemento estamos evitando que haja baixa na produção de leite e conseqüente desabastecimento, por falta de alimento para os animais".

A previsão para início da entrega das sementes é 26/08.
A primeira entrega de sementes será feita em Malacacheta, no Vale do Mucuri, em evento que deverá reunir cerca de 100 pessoas, entre pequenos produtores e representantes dos laticínios da região. Segundo o diretor geral do Idene, Walter Adão, a realização do evento para marcar a distribuição das sementes é uma forma de garantir a transparência da ação e fortalecer a rede social que envolve o programa.
Cada produtor receberá 20 kg de semente de sorgo, para cultivo na próxima safra
Fonte: Com informaçãoes da Agência Minas

Turismo Solidário se destaca como atividade inclusiva no Vale do Jequitinhonha

Diamantina foi sede, nos dias 17 e 18 de agosto, do II Seminário Nacional Turismo de Inclusão, idealizado pelo Laboratório de Turismo e Artesanato do Centro Vocacional Tecnológico Chica da Silva (CVT), com o apoio, entre outros, do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais – Idene.

A proposta do seminário foi debater e fomentar ações para o fortalecimento ordenado do processo turístico, aliado às peculiaridades mineiras da atividade, onde se encaixa o Programa Turismo Solidário. A técnica Cleide Greco, apresentou as diretrizes da implantação do programa, desenvolvido pelo sistema Sedvan/Idene, que tem o seu foco em ações turísticas como forma de inclusão.

Cleide contou que o projeto começou trabalhando a autoestima e a valorização da cultura nos municípios contemplados e, hoje, passados cinco anos, já são 64 famílias que disponibilizam suas casas como receptivo familiar aos turistas solidários. “Os resultados já se refletem na organização das casas e das comunidades, já que todas as ações passam pelos grupos gestores que participam ativamente da tomada de decisões sobre as ações a serem implementadas”, disse.

O turismo de inclusão e seus desdobramentos foi o assunto de apresentações como a do mestre em Turismo, Carlos Eduardo da Silveira, doutorando em Gestão e Desenvolvimento, pela Universidade de Málaga, na Espanha, que falou sobre o “empoderamento” que as comunidades devem obter dos seus símbolos e patrimônio turístico.

Novos Olhares

A professora Mariana Lacerda, em uma palestra cheia de lirismo e poesia citou uma frase que resume o turismo hoje: “quanto mais diverso é o que nos forma, único é aquilo que somos”. Mariana destacou a necessidade de novos olhares sobre as cidades e paisagens e um contato maior entre o homem e o ambiente: “o olhar pode ser adestrado pelo conhecimento”. Ela destacou a biodiversidade, a luminosidade da região, a arquitetura vegetal, o garimpo, a religiosidade, as belezas naturais e as expressões culturais, características que perfazem os roteiros de Minas.

A consultora do Sebrae, Maria Sónia de Pinho, mostrou um trabalho realizado junto às comunidades do Capivari, Mendanha, Bonfim e Alecrim, de agosto a dezembro de 2008, em que ela mapeou a gastronomia local, com suas quitandas, e seus fazeres peculiares, retratando o ambiente gastronômico no Vale do Jequitinhonha, com o objetivo criar cadernos de receitas com as guloseimas locais, ao final do projeto.

Segundo Maria Sônia, o projeto contemplou o ambiente, com destaque para os utensílios e mobiliário; receitas salgadas e doces; artesanato; cultura e as lendas. A consultora destacou a riqueza da atividade, que mostrou as características tão mineiras como os chás, ervas, “que ora benzem, ora temperam”, garrafadas, além da religiosidade e da fartura. Ao final do livro de receitas, como não poderia faltar, o leitor vai poder aprender “como se pega e como se mata um frango”. Um registro marcante da mineiridade.

Ao final do evento, o professor, José Newton Coelho de Menezes, falou sobre “Patrimônio Imaterial, Turismo e Desenvolvimento” e ressaltou e importância de “ criar uma conscientização problematizadora no turista, criando nele a vontade de voltar ao lugar visitado”. E deixou um questionamento: como preservar aquilo que nossa memória quer guardar?

O II Seminário Turismo de Inclusão resssaltou a importância da preservação, da inclusão, do respeito aos fazeres e ás culturas regionais. Uma excelente oportunidade para ampliar a discussão em torno de um tema cada vez mais abrangente: o turismo como forma de identidade coletiva, formador de cidadania e gerador de emprego e renda.

Turismo Solidário
O Turismo Solidário é tem como principal objetivo incentivar o crescimento do fluxo de turismo na região do Vale do Jequitinhonha e Norte, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades locais, que são capacitadas para receber os turistas em suas próprias casas.


Atualmente o programa está em 20 municípios e distritos do Vale do Jequitinhonha e Norte: Alecrim, Bonfim, Cachoeira do Norte, Cafezal, Campo Alegre, Campo Buriti/ Coqueiro Campo, Capivari, Chapada do Norte, Couto de Magalhães de Minas, Extrema, Gangorras, Grão Mogol, Mato Grosso/ Ribeirão, Mendanha, Milho Verde, Santa Rita, São Gonçalo do Rio das Pedras, São Gonçalo do Rio Preto, São João da Chapada e Serro.
Fonte: Com informações da Agência Minas

21 de agosto de 2009

Sete policiais são presos acusados de agressão a dois menores em Itaobim

O Ministério Público de Medina, no Vale do Jequitinhonha pediu e o juiz Neanderson Martins Ramos decretou a prisão preventiva de sete Policiais Militares de Itaobim, também no Vale do Jequitinhonha, acusados de agressão a dois menores, de 14 e 16 anos.

De acordo com a Polícia Militar, em janeiro deste ano os dois menores tentaram cometer um homícídio na cidade e foram perseguidos pelos policiais.

Ainda de acordo com a PM, os menores se machucaram durante a fuga, ao pularem muros e cercas e acusaram os PM's de agressão. Os policiais estão presos na sede do 44° batalhão de Polícia Militar, em Almenara.

A assessoria jurídica da PM e os advogados dos policiais entraram com pedido de habeas corpus para os militares.
Fonte: Com informações do Portal in360

20 de agosto de 2009

Justiça Eleitoral afasta prefeito de Almenara

O juiz da 9ª Zona Eleitoral, Dr. Christyano Lucas Generoso, atendendo a uma decisão do TRE-MG, empossou na tarde desta terça-feira, 19 de agosto, a vereadora Fabiany Ferraz Gil Figueiredo (PDT) no comando administrativo do município de Almenara. Ela se licenciou da presidência da Câmara Municipal e assumiu interinamente o cargo de prefeita, em substituição a Carlos Novaes que foi afastado pela Justiça Eleitoral.

O primeiro ato da nova prefeita foi uma reunião com o atual secretariado. Segundo o advogado Aníbal Siqueira, assessor jurídico da Câmara Municipal de Almenara, que acompanhou a reunião, Fabiany Ferraz não fez mudança em nenhum cargo de confiança, porém solicitou muito empenho de todos nesta nova fase administrativa do município.

Logo após a reunião com o secretariado, a nova prefeita de Almenara se encontrou com os vereadores na Câmara Municipal, oportunidade em que Fabiany Ferraz pediu apoio aos colegas e se colocou à disposição para quaisquer esclarecimentos. Estes fatos foram confirmados pelos vereadores Wander Conceição, Alfredo (Nata) e Roberto Amaral. Com isso, o vereador Olindo Ramos (Nenega) assumiu a presidência da Casa.

O TRE-MG definirá nos próximos dias a data da eleição extemporânea em Almenara – MG.
Fonte: Com informações do Diário do Jequi

19 de agosto de 2009

Governo Federal anuncia desapropriação de Fazenda em Felisburgo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina nos próximos dias decreto que determina a desapropriação da Fazenda Nova Alegria em Felisburgo, com cerca de 1.200 hectares, localizada no Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais. Ocupada desde 2002, a fazenda foi palco do assassinato de cinco trabalhadores rurais em 2004. A área será destinada ao assentamento de 60 famílias e é uma das reivindicações do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) atendidas pelo governo.

O anúncio foi feito ontem (18/8) pelos ministros Luiz Dulci (Secretaria-Geral) e Guilherme Cassel ( Desenvolvimento Agrário) durante reunião realizada em Brasília com a coordenação do MST em resposta a pauta entregue pelo movimento ao governo federal no último dia 12. Os ministros informaram que o presidente Lula autorizou o descontingenciamento de R$ 340 milhões dos recursos do Incra para a obtenção de terras e a revisão dos índices de produtividade. Dentre os demais pontos da pauta atendidos pelo governo estão itens como, criação de escolas e investimentos em infra-estrutura nos assentamentos, dentre outros.
Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria-Geral da Presidência da República

13 de agosto de 2009

Incra e Governo do Estado entregam títulos de regularização fundiária a agricultores do Médio Jequitinhonha

Mais de mil agricultores familiares dos Territórios da Cidadania do Alto Rio Pardo e Médio Jequitinhonha terão a posse definitiva de suas terras. Nesta quinta (13) e sexta-feira (14), serão entregues títulos em Francisco Badaró, Coronel Murta, Rio Pardo de Minas e Taiobeiras.

Esse trabalho é resultado do convênio firmado em 2008 entre o Incra e a Secretaria Extraordinária para Assuntos de Reforma Agrária (Seara), que contou com investimentos de R$ 5,6 milhões, sendo R$ 4 milhões do Governo Federal e o restante investido pelo estado.

São titulados os posseiros que exploram economicamente imóveis com área inferior a 100 hectares. Com os títulos, os agricultores ficam aptos a acessar as políticas públicas do governo, como as linhas de crédito rural e a assistência técnica. As cerimônias de entrega dos títulos vão contar com as presenças do superintendente regional do Incra/MG, Gilson de Souza, e do secretário da Seara, Manoel Costa.

A regularização fundiária é uma ação do Incra que possibilita o conhecimento detalhado da estrutura fundiária brasileira. Esse trabalho também proporciona segurança no que se refere a propriedade da terra no Brasil. Um convênio semelhante, executado em 2007, expediu 1,9 mil títulos de posses rurais a agricultores do estado. Neste segundo convênio, já foram entregues outros 4,8 mil títulos. Em julho deste ano, foi celebrada nova parceria que garantirá a posse da terra a 25 mil agricultores.

Como ter imóvel rural regularizado
Os interessados em regularizar suas terras devem acompanhar a programação operacional do Incra e da Seara, buscando informações nos escritórios regionais ou junto aos sindicatos rurais, associações e prefeituras. Os requisitos exigidos são: ter a terra como principal fonte de subsistência e utilizar no mínimo 50% da área aproveitável; não ser proprietário de imóvel rural nem beneficiário da reforma agrária; manter exploração de acordo com a lei vigente; comprovar residência permanente, cultura efetiva e a exploração direta, pessoal, contínua, racional e pacífica.

Entrega dos Títulos

Quinta-feira - 13 de agosto
9h Francisco Bararó – 136 títulos

15h Coronel Murta – 101 títulos

Sexta-feira – 14 de agosto
9h Rio Pardo de Minas – 741 títulos
15h Taiobeiras – 125 títulos
Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação Incra/MG

11 de agosto de 2009

Vale do Mucuri e Jequitinhonha conhecem o Programa Nacional de Crédito Fundiário‏

Nesta quarta-feira (12), em Almenara (MG), cerca de 200 trabalhadores rurais dos Territórios da Cidadania do Vale do Mucuri e Jequitinhonha participarão do primeiro Encontro Regional do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). O objetivo é apresentar o Programa e mostrar aos agricultores como eles podem acessar a linha de crédito de combate à pobreza rural.

O Crédito Fundiário é um programa que possibilita aos trabalhadores rurais o acesso a terra por meio de financiamento para aquisição de imóveis. Podem ser financiadas terras de até 15 módulos fiscais e que não possam ser desapropriados por meio da política de reforma agrária. A linha de combate à Pobreza Rural é a que atende pequenos produtores rurais com renda familiar anual inferior a R$ 5,8 mil reais. Os recursos podem ser usados no financiamento de imóveis ou em infraestrutura.
No encontro também será apresentado o programa de Regularização Fundiária e explicadas as formas que o posseiro possui ter o título definitivo de sua terra.

O evento é promovido pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio da Secretaria de Reordenamento Agrário (SRA) e da Delegacia Federal do MDA em Minas Gerais, pela Secretaria de Estado Extraordinária para Assuntos de Reforma Agrária (Seara), e pelo Instituto de Terras de Minas Gerais (Iter).

PNCF
O Programa Nacional de Crédito Fundiário tem como foco as camadas mais necessitadas da população rural localizadas em bolsões de pobreza. A ação é direcionada a produtores rurais com acesso precário à terra e proprietários de minifúndios, organizados em associações legalmente constituídas, com renda familiar anual inferior a R$ 5,8 mil e patrimônio familiar inferior a R$ 10 mil reais (sem considerar moradia). Desde o início das operações do PNCF em MG, em 2003, mais de 1,8 mil famílias foram contempladas, com investimentos da ordem de R$ 37 milhões.

As famílias beneficiárias recebem recursos reembolsáveis para aquisição de imóveis rurais e, concomitantemente, recursos não reembolsáveis para investimentos comunitários. O objetivo é apoiar a instalação das famílias, a implantação de infra-estrutura comunitária e a capacitação dos beneficiários, com vistas a consolidação social e produtiva dos assentamentos, mediante a contratação direta de serviços e aquisição de bens, o que possibilita a sua rápida implementação.

As taxas de juros variam de 3 a 6.5% ao ano, conforme as faixas de financiamento, que variam de R$ 5 mil a R$ 40 mil. Os prazos de pagamento são de 14 anos (para financiamentos até R$ 15 mil) e de 17 anos (para financiamentos superiores a R$ 15 mil), ambos com carência de 24 meses. Neste link está disponível o passo a passo para acessar as linhas de crédito.

Serviço:
Encontro Regional do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF)
Dia: 12 de agosto de 2009
Horário: 9 h.
Local: Sede do SESC – Almenara (MG).
Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação Incra/MG

10 de agosto de 2009

36 Policiais vão trabalhar na Festa de Agosto

32 Policiais Militares mais 4 Civis vão trabalhar durante a Festa de Agosto 2009 de Virgem da Lapa Vale do Jequitinhonha.
Confira entrevista com o Cabo Júnior concedida a Morada FM no dia 10-08-09
Duração:1min35seg

Motociclista morre em acidente na Br-367 próximo a Virgem da Lapa

Um motociclista de Itaobim morreu em acidente na br-367 próximo a Virgem da Lapa no último Sábado,o passageiro ao perceber o perigo conseguiu se salvar, a Polícia Militar não divulgou o nome da vítima.Ouça a entrevista concedida a Morada Fm pelo Cabo Júnior no dia 10-08-09
Duração:1min30seg

Irmão mata irmão a facadas em Araçuaí

Irmão mata irmão em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha. Segundo a PM Pedro Antônio Dias dos Santos, de 35 anos, foi morto a golpes de faca pelo irmão João Batista Dias dos Santos, de 31 anos. Ainda de acorco com a polícia, João Batista, que estava com sintomas de embriaguêz, foi preso em flagrante e levado para a delegacia da cidade.

De acordo com informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 22 horas de ontem, na rua Prefeito Cantilho Amaral, bairro Canoeiros. A policia ainda não sabe os motivos do crime.
Fonte: Com informações do Portal in360

Adolescente de 15 anos se torna vítima da guerra do tráfico em Araçuaí

Um jovem de apenas 15 anos de idade foi morto a tiros dentro da sua própria residência localizada no bairro Canoeiro. De acordo com testemunhas, o motivo do crime teria sido um desentendimento entre traficantes rivais que atuam no bairro.

De acordo com testemunhas, o crime aconteceu por volta das 11 horas da noite, na residência de número 59 da rua Danilo Fulgêncio, localizada no bairro Canoeiro. Segundo informações da polícia civil, cinco elementos invadiram a casa após arrombarem a porta da frente e efetuaram dois disparos, atingindo o menor Douglas dos Santos Rodrigues, de 15 anos, na região esquerda do tórax e na perna esquerda. A vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu no local do crime.


Todos os autores e co-autores estariam, de acordo com a polícia, portando armas de fogo. Os rastreamentos e diligências da polícia civil continuam no intuito de identificar e prender todos os envolvidos na morte do menor Douglas Rodrigues.

O delegado de polícia Bernardo Pena Salles instaurou inquérito na última segunda-feira para apuração dos fatos. Segundo ele, as investigações estão sendo mantidas sob sigilo.

Até o momento, nenhum dos autores do homicídio foi preso ou teve a prisão preventiva decretada pela justiça.
Fonte: Com informações do Portal Ara

8 de agosto de 2009

Romeiros lotam o Santuário de Nossa Senhora da Lapa

Esta sendo realizada em Virgem da Lapa desde do dia 06 de agosto o maior Evento religioso do Vale do Jequitinhonha: a Novena de Nossa Senhora da Lapa que vai até o dia 14 de Agosto. Com missa campal as 10 horas da manhã no dia 15 de Agosto.O municípios de Virgem da Lapa,Berilo,Francisco Badaró,Genipapo de Minas,Chapada do Norte e José Gonçaves de Minas podem ouvir as novenas a partir das 19 horas com transmissão ao vivo pela Morada FM. Nossa Senhora da Lapa é a padroeira da Diocese de Araçuaí. Milhares de romeiros vindos de diversas partes de Minas Gerais e do Brasil lotam o Santuário.

Normalmente, em todo pequeno município, a igreja principal é construída na parte alta do lugar. Mas, em Virgem da Lapa é diferente: o santuário foi construído na parte mais baixa da cidade, em frente à gruta onde teria sido encontrada a imagem de Nossa Senhora. De acordo com a professora aposentada Maria da Glória Oliveira, de 62 anos, o templo foi erguido ali por causa de uma lenda, a qual dá conta de que antigos tentaram levar a imagem de Nossa Senhora da Lapa para a igreja matriz, na parte alta da cidade. No entanto, “eles levavam a imagem para a matriz num dia e no outro dia, ela estava de volta na gruta”. Por essa razão, diz a lenda, os moradores resolveram construir a capela ali mesmo, junto da gruta. A igreja foi erguida em 1948, substituindo uma outra que existia no local.

História
Segundo relatos históricos, a peregrinação de romeiros a Virgem da Lapa começou ainda no princípio do século XVIII. Por volta de 1728, um garimpeiro teria encontrado a imagem da santa às margens do córrego São Domingos. Mas, também existe uma lenda segundo a qual a imagem foi encontrada por um menino, que saiu para juntar burros, a mando de seu pai, um tropeiro. Depois, a criança teria perseguido um coelho, indo parar dentro de uma gruta iluminada, com altar natural. Devido movimentação dos fiéis, apareceu o núcleo urbano, com o primeiro nome de São Domingos do Araçuaí, que era distrito de Araçuaí. Em 27 de dezembro de 1949, o município conquistou a sua emancipação político-administrativa.

Nesse ano de 2009 o Momento da Paz está sendo diferente por causa da gripe suína; a igreja orienta os romeiros a evitarem abraços e o tradicional aperto de mãos.
Ouça a baixo entrevista com padre Ademir páraco de Virgem da Lapa feita por Marcos Esteves da Morada FM

6 de agosto de 2009

Samuel Rosa conta detalhes do acidente aéreo com o Skank em Capelinha

"Foi um grande trauma". O susto pelo qual a banda mineira Skank passou há duas semanas, quando a porta do avião em que o grupo se encontrava soltou-se em pleno ar, ainda está presente na memória do vocalista Samuel Rosa. Ele contou, com exclusividade ao Jornal da Alterosa, detalhes do momento em que os músicos descobriram, em pleno ar, que a aeronave estava voando sem a porta.

Segundo Samuel Rosa, eles estavam a cerca de 2.500 metros de altura quando ouviram um grande estrondo. "Ficamos assustados. Quando olhamos, havia um buraco no avião", contou. O vocalista conta que os ocupantes só conseguiram relaxar quando o piloto do avião conseguiu voltar e pousar na pista da fazenda de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, de onde haviam partido momentos antes.

"Foi uma situação inesquecível, ainda não nos refizemos do susto", afirmou. Após o trauma, Samuel Rosa conta que o Skank só pensa em olhar para frente. Os mineiros comemoram o sucesso da música "Sutilmente", que está entre as cinco mais tocadas do país. AcidenteO avião era do modelo King Air C90 e levava nove pessoas - o piloto, copiloto, o empresário, o produtor, segurança e os quatro integrantes do Skank.

Após o incidente, o piloto precisou voltar e pousar na mesma pista da qual havia decolado. Ninguém se feriu.

A empresa de táxi aéreo responsável pela aeronave oferece uma recompensa de R$ 2 mil para quem achar a porta perdida.
Fonte: Com informações do Portal Uai

4 de agosto de 2009

Anastasia assina convênios em 16 municípios do Jequitinhonha

O vice-governador Antonio Augusto Anastasia visitou neste sábado (1) o município de Jequitinhonha onde assinou convênios com 16 prefeituras da região para a implantação de mais ações do Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR), com investimentos superiores a R$ 700 mil. Foram assinados também convênios com os municípios de Jordânia e Almenara no valor de R$ 1 milhão cada para o desenvolvimento de instrumentos para a produção, processamento e empacotamento de mandioca e seus produtos.

Investimentos

Anastasia lembrou que, por determinação do governador Aécio Neves, para cada R$ 1 investido nas regiões Sul e Centro-Oeste, o Governo de Minas investe R$ 2 nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e Norte de Minas. Conforme explicou o vice-governador, o objetivo é reduzir as desigualdades regionais. “Há seis anos e meio, Minas Gerais estava em uma situação de dificuldades. Mas, não ficamos parados e, com o apoio da sociedade mineira, dos parlamentares estaduais e federais, todos nós, unidos, estamos revertendo esse quadro”, afirmou.


Anastasia ressaltou, no entanto, que todas as ações e obras não são ao acaso. Ele explicou que na verdade “estamos devolvendo o que é pago em tributos”. Segundo Anastasia, “não fazemos obras por fazer obras. É um processo planejado de desenvolvimento de Minas Gerais. Antes, tinham as placas, mas não tinham as obras. Hoje, são tantas as obras, em saúde, educação, saneamento, estradas, cultura, tecnologia e muitas outras, que não temos tido tempo para inaugurar a todas; estão lá, as obras concluídas, sem placas”.


De acordo com o vice-governador, as viagens que tem feito pelo interior do estado têm o objetivo de “resgatar aquilo que nos comprometemos a fazer, em 2006 e 2002, e inaugurarmos as obras, além de verificarmos o que está faltando; é, de fato, realizarmos nossa ação administrativa”.


Durante a visita à cidade de Jequitinhonha, Anastasia conheceu o Centro Viva Vida, cuja construção foi concluída com investimentos de R$ 4 milhões e se destina a promover a saúde da mulher e da criança, além de oferecer fisioterapia e ações de prevenção à hipertensão. Ele também visitou o Centro Solidário de Educação Infantil, uma realização do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) em parceria com o Governo de Minas, Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca) e Prefeitura Municipal de Jequitinhonha, com o apoio de empresas, para atendimento de crianças de zero a seis anos e possui ambientes como berçário, sala de leitura, salas de atividades divididas por faixa etária, refeitório e área externa para lazer.


Anastasia também inaugurou a quadra poliesportiva da Escola Municipal Dr. Antônio Peixoto e o novo Centro Administrativo, que reúne no mesmo espaço as equipes do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e Serviço Integrado de Atendimento Tributário e Fiscal (Siat). Para o prefeito de Jequitinhonha, Roberto Botelho, os investimentos do Governo de Minas na região resultam no “resgate da autoestima” dos moradores do Vale do Jequitinhonha. “Como agora temos quem busca reduzir as desigualdades, estamos prontos para mostrar nosso potencial”, disse, defendendo a criação de um pólo econômico em torno da cadeia produtiva da mandioca na região. Também estiveram presentes às solenidades a secretária Extraordinária para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, deputada estadual Elbe Brandão; o deputado estadual Mauri Torres; o deputado federal, Rodrigo de Castro, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de Jequitinhonha e municípios da região.
Fonte:Com informações da Radio Teófilo Otoni

3 de agosto de 2009

Retorno as aulas em Virgem da Lapa será no dia 17 de agosto

O Comitê de Enfrentamento da Nova Gripe juntamente com representantes da rede de educação de Minas Gerais decidiram adiar para 10 de agosto o retorno às aulas das redes pública estadual e particular que recomeçariam hoje em todo o Estado.

Já no município de Virgemn da Lapa as aulas iniciarão no 17 de agosto após a Tradicional Festa de Agosto.

1 de agosto de 2009

Deputado visita obras do IFET no Jequitinhonha

O deputado federal Leonardo Monteiro (PT-MG),acompamhado do reitor do Instituto Federal de Educação,Ciência e Tecnologia (IFET) do norte de minas, professor Paulo César, visitou na semana passada as novas unidades do IFET no Vale do Jequitinhonha nos municípios de Almenara e Araçuaí. Os novos campi fazem parte da extensão do IFET no norte de minas e as contruções estão bastante adiantadas.

Em Araçuaí Leonardo Monteiro e o professor Paulo César acompanhados do diretor IFET/Araçuaí Edinaldo Liberato de Oliveira, se reuniram com a secretária municipal de educação Vangelisa Penna, que representava o prefeito, para cobar agilidade nas ligações de energia elétrica e água potável no campus do IFET - contrapartida da prefeitura estimada em R$100.000,00.

Paulo César esclareceu que a parte da obra que compete ao município deve ser comprida o mais rápido possível, pois as obras do Campus de Araçuaí são as mais adiantadas, com 95% das obras concluída, e será a primeira inaugurada já em outubro desse ano.O professor destacou, ainda, a consistências das políticas do Governo Federal na educação, ressaltando a importância da capacitação profissional para o desenvolvimento regional.
Leonardo Monteiro fez um breve histórico no seu desenpenho na indicação de Araçuaí para receber um Campus do IFET e destacou que, por ser provalvelmente o primeiro a ser inaugurado, existe grande possibilidade da presença do Presindente Lula e/ou do ministro da educação Fernado Haddad.
Cursos
O Campus Araçuaí está sendo contruído numa área total de 4.129 metros quadrados distribuída.
Já estão abertas as incrições para o primeiro concurso público de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnólogo do IFNMG/Campus Araçuaí, sendo que as provas serão realizadas no dia 16/08/09. Serão contrados inicialmente 17 professores. Com relação a contratação de funcionários de Técnico-Administrativos a instituição está aguardando a liberação por parte da Secretaria de Educçao Profissional e Técnológica.
Os cursos definidos de acordo com realidade local foram: Curso Técnico em Agroecologia; Técnico em informática; Técnico em vendas; Agente comunitário em vendas; curso Técnico em orientação comunitária; Técnico em mineraçao, além do Ensino Médio.Para 2010 estão previstos outros três cursos: Curso Técnico em artesanato; Curso superior em Bacharelado em ciência da computação e superior de tecnologia em Gestão Ambiental.

IFET/Almenara
O deputado também visitou o campus IFET/Almenara. Acompanhado do reitor Paulo César e do diretor do IFET/Araçuaí Edinaldo Liberato de Oliveira se reuniu com prefeito Carlos Novaes e com representantes da CEMIG e da COPASA para esclarecimentos sobre as obras que precisam ser feitas como contrapartida do município. após a reunião, todos foram visitar as obras do campus que estão 55% concluídas com previsão de término em novembro desse ano.

Extensão
Ainda durante a visita ao Vale do Jequitinhonha, o deputado e o reitor Paulo César estiveram nos municípios de Itaobim e Águas Formosas conversando com os prefeitos sobre a possibilidade de extensão dos Campi de Araçuaí e Almenara com implantação de um mais cursos nestes municípios. O reitor Paulo César orientou os prefeitos a levantarem as prioridades de cursos para as cidades de acordo com os ofertados pelos Campi e comforme a demanda do Arranjo Produtivo local de cada município.
Após este levantamento, o intituto se manifestará sobre a infra-estrutura necessária para implantação dos cursos priorizados pelos municípios e sobre a disponibilidade de professores. Segundo o reitor, são as possibilidades de atender a solicitação dos dois municípios.
Fonte: Com informações da Acessoria de Comunicação do Deputado Federal Leonardo Monteiro

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo