30 de julho de 2009

Juízes do Vale do Jequitinhonha debatem propostas para a magistratura nacional

Em mais uma etapa de sua interiorização e integração do interior com a capital, a Amagis vai a Araçuaí, no próximo dia 31 de julho, reunir-se com magistrados da região do Vale do Jequitinhonha, uma das mais carentes do Estado. Na ocasião, será nomeado o patrono da seccional da Associação na cidade, o desembargador Geraldo José Duarte de Paula, que atuou na comarca no início de sua carreira.

Ainda na comarca, a diretoria da Associação reunirá com os magistrados da região para discutir assuntos de interesse da classe, como a Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman). O encontro acontecerá no fórum da cidade e contará com a participação de juízes de Araçuaí, Pedra Azul, Salinas, Almenara, Jacinto, Jequitinhonha, Minas Novas, Rio Pardo de Minas, Taiobeiras e outros.

Segundo o presidente da Amagis, este é o momento dos magistrados do interior e da capital se integrarem com a magistratura nacional, na discussão de temas relevantes para o Poder Judiciário brasileiro. “A ideia é levar ao Congresso uma proposta que traduza o Judiciário contemporâneo inserido na Constituição Federal e no anseio da sociedade. E os magistrados mineiros contribuirão durante todo o debate. Fazemos questão de ir ao Vale do Jequitinhonha para integrar a região a todo estado de Minas Gerais. É assim que se faz uma magistratura forte e independente”, afirmou o presidente da Amagis, juiz Nelson Missias de Morais.

Além do juiz Nelson Missias, estarão presentes no encontro o vice-presidente da Amagis, juiz Bruno Terra Dias; e o presidente do Conselho Deliberativo da Associação, desembargador Tibagy Sales.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Noticias atualizadas em sua pagina na web

Radio de Virgem da Lapa na internet

Ouça a radio Morada Fm acessando o site Morada fm ao vivo